top of page

É o Fim do Flow? Desvendando o Conceito

Isso mesmo, o FLOW acabou. Porém, não estou dizendo do podcast Flow. Quero falar do estudo FLOW conhecido como Effect of semaglutide versus placebo on the progression of renal impairment in people with type 2 diabetes and chronic kidney disease, que estava em curso e a todo vapor, financiado pelo fabricante do Liraglutida, Tirzepatida e também da Semaglutida, a Novo Nordisk. Quando de repente, o estudo foi interrompido no dia 10 de Outubro de 2023.


Para entender onde quero chegar, primeiramente você deve entender qual foi o propósito da criação de medicamentos com análogos de GLP-1 em meados de 2005. Inicialmente, a medicação havia uma meia vida curta demais, mas isso foi resolvido com uma medicação de meia vida de uma semana: a semaglutida. 


Tabela de conteúdos:


Agonistas do GLP-1

O tratamento da DM2 é uma área em evolução, e entre os fármacos, os agonistas do receptor GLP-1 emergiram como uma escolha altamente eficaz. Esses medicamentos se baseiam em uma compreensão profunda dos mecanismos subjacentes à regulação da glicemia e demonstram benefícios que fazem deles uma opção de tratamento respeitável. 


O GLP-1 é um hormônio natural liberado pelo nosso intestino em resposta à ingestão de alimentos. Ao estimular a secreção de insulina pelas células pancreáticas quando os níveis de glicose estão elevados, esses medicamentos ajudam a controlar os picos de glicose após as refeições, um desafio comum em pacientes com diabetes.


Além disso, os GLP-1 suprimem a secreção do hormônio glucagon. Isso é particularmente importante porque reduz a produção excessiva de glicose pelo fígado, um problema central no diabetes tipo 2. Por outro lado, esse medicamento também retarda o esvaziamento gástrico, o que resulta em uma digestão e absorção mais lenta dos alimentos. Consequentemente, ocorre uma diminuição dos picos glicêmicos pós-refeição.


Qual a novidade do Flow?

Nós celebramos com entusiasmo o poder desses medicamentos em promover a perda de peso dada a forte associação entre obesidade e diabetes tipo 2. Agora, também temos motivos para comemorar, pois emergem evidências encorajadoras de que esses medicamentos desempenham um papel na redução da progressão da doença renal crônica em pacientes com diabetes.


Isso é particularmente significativo, uma vez que o diagnóstico do diabetes tipo 2 frequentemente ocorre tardiamente. Assim, antes dos níveis glicêmicos começarem a se desregular, as lesões mínimas nos néfrons já estão presentes há pelo menos cinco anos.


O FLOW, um ensaio clínico de fase III, foi projetado meticulosamente como um grande estudo randomizado, duplo-cego e controlado por placebo. Seu objetivo era avaliar os efeitos da Semaglutida, na progressão da doença renal crônica e nos riscos de mortalidade renal e cardiovascular em pacientes com diabetes tipo 2 e doença renal crônica. O que tornou esse estudo particularmente notável foi a decisão de interrompê-lo antecipadamente, devido a resultados extremamente positivos.


Características do Estudo Flow

O estudo teve como amostra mais de 3.500 pacientes de diferentes partes do mundo e administrou a Semaglutida 1.0mg/semana como um complemento ao tratamento padrão. Sua estrutura permitia uma análise intermediária, uma vez que um número específico de eventos de desfecho primário ocorresse. A análise intermediária, realizada por um Comitê Independente de Monitoramento de Dados, fez uma recomendação surpreendente: interromper o estudo antecipadamente devido à eficácia notável da Semaglutida.


A notícia da interrupção precoce do estudo trouxe consigo uma série de emoções e expectativas. Ela representa uma vitória para a ciência e, acima de tudo, para os pacientes. A interrupção antecipada acelera o acesso a tratamentos promissores, que têm o potencial de mudar vidas. A Novo Nordisk agora está comprometida em analisar os dados detalhadamente antes de compartilhar as conclusões na primeira metade de 2024.


No entanto, é importante notar que, assim como com qualquer avanço médico, a eficácia da Semaglutida vem com preocupações de segurança em evolução. Em julho de 2023, o Reino Unido iniciou uma investigação sobre potenciais riscos de automutilação e ideação suicida em pacientes que estavam tomando Wegovy, Ozempic e outros agonistas de GLP-1. Além disso, um artigo publicado em JAMA no ano passado apontou para um possível risco elevado de efeitos colaterais gastrointestinais associados a essa classe de medicamentos. Essas preocupações são fundamentais e destacam a importância de equilibrar os benefícios clínicos com a segurança dos pacientes.


FLOW: Uma Nova Fronteira na Pesquisa Médica

Por outro lado, o aspecto mais emocionante dessa história é o potencial para transformar o tratamento de pacientes com diabetes tipo 2 e doença renal crônica. A interrupção precoce do FLOW demonstra que a pesquisa médica está constantemente avançando e trazendo novas esperanças. Os pacientes podem agora aguardar com ansiedade os desenvolvimentos futuros e as oportunidades de tratamento que possam surgir.


À medida que a Novo Nordisk trabalha incessantemente para analisar os dados, é fundamental para a comunidade médica, pacientes e profissionais de saúde acompanharem de perto estes desenvolvimentos. A pesquisa médica está em constante evolução, e a interrupção precoce do FLOW é apenas uma amostra do que pode ser alcançado quando a ciência e a medicina se unem em busca de soluções para problemas complexos.


Em resumo, o estudo FLOW e sua interrupção precoce representam um marco significativo na pesquisa médica e no tratamento de condições como diabetes tipo 2 e doença renal crônica. Os resultados positivos obtidos até agora mostram um grande potencial para a Semaglutida como uma opção de tratamento eficaz não só para doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade mas também na proteção contra o avanço da doença renal crônica em pacientes diabéticos. O progresso na medicina é uma jornada contínua, e o FLOW é apenas um passo em direção a um futuro mais saudável para todos.


Referências

ROSSING, Peter; BAERES, Florian M M; BAKRIS, George; BOSCH-TRABERG, Heidrun; GISLUM, Mette; GOUGH, Stephen C L; IDORN, Thomas; LAWSON, Jack; MAHAFFEY, Kenneth W; MANN, Johannes F e. The rationale, design and baseline data of FLOW, a kidney outcomes trial with once-weekly semaglutide in people with type 2 diabetes and chronic kidney disease. Nephrology Dialysis Transplantation, [S.L.], v. 38, n. 9, p. 2041-2051, 18 jan. 2023. Oxford University Press (OUP).

NAUCK, Michael A.; QUAST, Daniel R.; WEFERS, Jakob; MEIER, Juris J.. GLP-1 receptor agonists in the treatment of type 2 diabetes – state-of-the-art. Molecular Metabolism, [S.L.], v. 46, p. 101102, abr. 2021. Elsevier BV.


Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page