top of page

3 benefícios da dieta Plant-Based para síndrome metabólica

A dieta plant based tem inúmeros efeitos positivos e protetores na saúde metabólica. Por isso, vamos discutir as vantagens de consumir esse tipo de padrão alimentar para a prevenção e/ou tratamento da síndrome metabólica.



Table of ContentsToggle

Resistência à insulina vs. Plant Based

Priorizar fontes vegetais em detrimento de alternativas animais tradicionais resulta em menor resistência insulínica e menor risco de pré-diabetes e diabetes tipo 2. Alguns componentes vegetais bioativos, como os polifenóis melhoram a resistência insulínica por meio de vários mecanismos, incluindo redução da glicose pós-prandial, modulando o transporte de glicose.

Circunferência da Cintura na Plant Based

Uma maior adesão a um padrão baseado em plantas saudáveis, estava ligada a um tecido adiposo visceral mais baixo, pois os antioxidantes podem reduzir a inflamação relacionada à essa adiposidade.  

Outro estudo que incluiu 9.633 participantes mostrou que uma maior adesão a uma dieta plant based foi associada ao menor índice de massa corporal, circunferência da cintura, índice de massa gorda e percentual de gordura corporal.

Pressão alta vs. Plant Based

A hipertensão arterial é universalmente conhecida como um fator de risco para várias doenças crônicas, como a hipertensão. Dessa forma, uma dieta plant based reduziu a pressão arterial sistólica e a pressão arterial diastólica. 

Nesta linha, foi levantada a hipótese de que fibras, diferentes nutrientes, componentes bioativos e alimentos de origem vegetal, como frutas e/ou vegetais, podem exercer seus benefícios sobre a pressão arterial devido à melhora da sensibilidade do barorreflexo, vasodilatação e inibição da inflamação e resposta ao estresse oxidativo.

Mas afinal, qual a diferença de uma dieta vegana e Plant Based?

Existem diferenças consideráveis ​​entre esses dois conceitos, tanto nutricional quanto eticamente. Enquanto a primeira está exclusivamente relacionada à seleção de alimentos por razões éticas (empatia animal), a segunda está relacionada à saúde e/ou proteção ambiental. 

Além disso, uma dieta vegana não prioriza necessariamente a qualidade dos alimentos. Em contraste, a plant based enfatiza o consumo de alimentos integrais e produtos minimamente processados, com foco em leguminosas, grãos integrais, frutas, vegetais, sementes e nozes.

Prática Clínica

Nas últimas duas décadas, os estudos mostraram inúmeros benefícios de uma dieta baseada em vegetais para prevenir a síndrome metabólica. É fundamental priorizar o consumo de alimentos de qualidade, naturais e fermentados no dia a dia, mas sempre com a orientação de profissionais qualificados para garantir uma nutrição ideal por meio de escolhas alimentares diversificadas e bem planejadas. 

Referências Bibliográficas 

Assista o vídeo na Science Play com Annie Bello: Whole Food Plant Based Diet no Emagrecimento e nas Doenças Crônicas

Artigo: Peña-Jorquera H, Cid-Jofré V, Landaeta-Díaz L, Petermann-Rocha F, Martorell M, Zbinden-Foncea H, Ferrari G, Jorquera-Aguilera C, Cristi-Montero C. Plant-Based Nutrition: Exploring Health Benefits for Atherosclerosis, Chronic Diseases, and Metabolic Syndrome—A Comprehensive Review. Nutrients. 2023; 15(14):3244. https://doi.org/10.3390/nu15143244

Classifique esse post

0 visualização

コメント


bottom of page