top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Alterações de Sono e Crononutrição na Prática Clínica

Em sua palestra na Sala Nutrição Brasil, o nutricionista Daniel Coimbra abordou o tema “Alterações de sono e crononutrição aplicada à prática clínica”.

Muitos pacientes chegam ao consultório buscando melhorias no emagrecimento, redução do cansaço, fadiga, aumento de desempenho, libido, e hipertrofia muscular. No entanto, compreende-se que esses objetivos são apenas a superfície de todo o processo. Eles refletem os hábitos do paciente, mas a análise precisa ir mais fundo. 

Ao mergulhar nessa questão, observa-se diversos aspectos a serem analisados, como o comportamento pessoal, o comportamento alimentar, os níveis de estresse, a qualidade do sono e a cronodisrupção. É importante entender o que é o ciclo circadiano, que significa “em torno do dia”. 



Table of ContentsToggle

Ciclo Circadiano e Crononutrição

Os ciclos circadianos são as mudanças regulares nos estados mentais e físicos que ocorrem aproximadamente a cada 24 horas. Esses ritmos são regulados por um relógio central, chamado núcleo supraquiasmático, que se conecta a outros relógios em nosso corpo, como pulmões, coração, pâncreas, fígado, intestino e rins. 

Em relação a isso, o sono desempenha um papel essencial na regulação desse ciclo circadiano, e qualquer perturbação em sua qualidade ou duração pode afetar negativamente nossa saúde, levando a problemas como jet lag social, desequilíbrios fisiológicos, metabólicos, endócrinos e cognitivos, bem como agravando condições como obesidade e doenças cardiovasculares.

Outros fatores, além do sono, podem prejudicar nossa saúde e qualidade de vida, como a alimentação , medicamentos, substâncias estimulantes (álcool, nicotina e maconha), condições psicológicas como estresse e depressão, e uma higiene do sono inadequada. 

Prática Clínica

Portanto, conclui-se que o profissional de saúde deve reforçar a recomendação de 7 a 9 horas de sono de qualidade, permitindo que o paciente acorde com a sensação de que “bateria” está completamente carregada. Além disso, é fundamental evitar déficits calóricos excessivos quando não se está dormindo bem, uma vez que isso pode levar à perda de massa muscular e prejudicar o equilíbrio hormonal e metabólico do corpo. 

Matéria elaborada pelo colunista Henrique Bispo, com base na palestra do médico Daniel Coimbra.

Classifique esse post

2 visualizações

Comments


bottom of page