top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Aplicações da Proteína da Soja nas DCNTs

Um estudo publicado na revista nutrients em 2023 demonstra as ações bioativas dos peptídeos presentes nas proteínas da soja. Nesse sentido, especulações são feitas sobre as possíveis ações de redução na concentração de gordura sérica e também na redução dos níveis pressóricos em pacientes portadores de alguma DCNT. Além desses efeitos, os peptídeos apresentam ação anticancerígena, regulação da microbiota intestinal, bem como ação imunomoduladora e anti-diabética.



Table of Contents


Metabolismo dos Peptídeos da Soja


No tocante, as suas funções metabólicas, se dão a partir da hidrólise dos peptídeos que contenham cerca de 2 a 20 aminoácidos, para que sejam bem absorvidos e encaminhados para o órgão alvo. Assim, a atuação dos peptídeos bioativos presentes na soja como a β-conglicinina se dá tanto de forma sistêmica, quanto local, no próprio intestino, o  que é regulada tanto pela morfologia, quanto pelo transporte das células intestinais.  A metabolização e degradação dos peptídeos bioativos da soja pelas proteínas endógenas ainda não é totalmente elucidada. Porém, a eficiência biológica desses compostos para o metabolismo e saúde são importantes. 


Ademais, uma das aplicações das proteínas de soja se dá em virtude da presença da  β-conglicinina.  A   β-conglicinina é o peptídeo que representa quase 20% das proteínas totais presente na soja. Assim, é um elemento importante no que se refere aos efeitos benéficos das proteínas da soja em reduzir os níveis séricos de triglicerídeos e também de colesterol, além dos sais biliares. Portanto, de forma prática as proteínas derivadas da soja exercem um efeito antiobesidade.  Apesar de escassos os estudos in vivo utilizando a proteína da soja, os efeitos dos eu consumo parecem promissores. Logo, ajustar o consumo de produtos à base de soja dentro de uma alimentação saudável pode ser uma estratégia complementar ao manejo das DCNTs. 


Prática Clínica


Portanto, são muitas as aplicações das proteínas presentes na soja no manejo das doenças crônicas. Dessa forma, é função dos nutricionistas fornecer as opções mais nutritivas e específicas para cada doenças, além de orientar sobre a importância da mudança do estilo de vida. No que diz respeito à gama de DCNTs, apesar de limitados, o uso das proteínas de soja na alimentação rotineira é uma opção viável de recomendação, por apresentar efeitos promissores à saúde. 


Referências Bibliográficas

Artigo: Os efeitos benéficos das proteínas e peptídeos da soja   Hu S, Liu C, Liu X. Os efeitos benéficos das proteínas e peptídeos da soja em doenças crônicas. Nutrientes . 2023; 15(8):1811. https://doi.org/10.3390/nu15081811

Classifique esse post

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page