top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Como otimizar a queima de gordura por meio da dieta e exercício físico?

Compreender os mecanismos por trás das mudanças no metabolismo da gordura que podem ocorrer como resultado de várias intervenções e conhecimento das diferentes fontes de gordura que podem ser utilizadas é importante. A taxa de oxidação de lipídeos sofre alterações dependendo da intensidade do exercício físico e da alimentação.  Descubra agora como otimizar a queima de gordura por meio da dieta e exercício físico!



Table of Contents


Exercício Físico e Oxidação de Gordura 


A taxa de oxidação de gordura pode variar de acordo com a intensidade do exercício físico. Diante disso, é possível observar que mudanças na intensidade induzem mudanças na utilização do substrato. Com o aumento da duração do exercício, a oxidação de gordura aumenta progressivamente. A porcentagem de energia derivada da oxidação de CHO aumenta com intensidades crescentes, enquanto a contribuição relativa da oxidação de gordura para o gasto total de energia diminui. 


A oxidação de gordura parece atingir o pico em exercícios com intensidades moderadas  (45% a 65% do VO2max) e a intensidade com que ocorre pode depender do sexo, estado de treinamento, VO2max e alimentação. Nos exercícios com intensidades mais altas, no entanto, a oxidação de gordura é regulada negativamente.


Sendo assim, os exercícios de intensidade baixa a moderada, observa-se aumento da lipólise, aos quais aumentam a disponibilidade de ácidos graxos para os músculos. Esta maior disponibilidade é acompanhada por um aumento nas taxas absolutas de oxidação de gordura. No entanto, quando a intensidade é aumentada, a oxidação de carboidratos é marcadamente aumentada, enquanto uma diminuição na oxidação de gordura é observada. Além da disponibilidade reduzida de ácidos graxos, a atividade reduzida de CPT-I é indicada como o principal fator responsável pela regulação negativa da oxidação de gordura em exercícios de maior intensidade. 


Alimentação e Queima de Gordura 


A ingestão de carboidratos (CHO) antes ou durante o exercício pode resultar em uma redução acentuada na oxidação de ácidos graxos.  A magnitude do efeito que a ingestão de CHO exerce depende de vários fatores, incluindo o tipo e a quantidade. Além disso, outro fator importante é o momento da ingestão. Quando o CHO é ingerido antes do início do exercício, a necessidade de energia é significativamente maior do que durante o jejum. Foi demonstrado que a supressão da oxidação de gordura é aparente em uma ampla gama de intensidades de exercícios. Durante o exercício de intensidade baixa e moderada, a ingestão de CHO reduz a oxidação de gordura em comparação com as condições de jejum quase na mesma extensão de quando o CHO é ingerido antes do exercício.


Os efeitos da ingestão de CHO na oxidação de gordura dependem de uma série de fatores, incluindo o momento da ingestão de CHO e intensidade do exercício. No entanto, na maioria das condições, a ingestão de CHO diminui a oxidação de gordura. Quando CHOs são consumidos antes do exercício, grandes aumentos de insulina são observados, o que afeta a taxa de lipólise, diminuindo assim a disponibilidade de ácidos graxos para oxidação. Além disso, o efeito da ingestão de CHO é menor quando os CHOs são ingeridos imediatamente antes ou 20 a 30 minutos após o início do exercício. No entanto, quando ingeridos durante o exercício de alta intensidade, eles parecem não ter nenhum efeito sobre a oxidação de gordura.


Prática clínica 


No que se refere a queima de gordura, a intensidade do exercício e a duração são determinantes importantes da oxidação de gordura. As taxas de oxidação de gordura aumentam de baixa para moderada intensidade e então diminuem quando a intensidade se torna alta. Além disso, a ingestão de carboidrato nas horas anteriores ou no início do exercício, reduz significativamente a taxa de oxidação de gordura em comparação com condições de jejum, enquanto o jejum mais longo do que 6 h otimiza a oxidação de gordura.


Continue Estudando...





Referências Bibliográficas 


ACHTEN, Juul; JEUKENDRUP, Asker e. Optimizing fat oxidation through exercise and diet. Nutrition, [S.L.], v. 20, n. 7-8, p. 716-727, jul. 2004. Elsevier BV.

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page