top of page

Deficiência de Vitamina A e Pulmão: Qual a relação?

A deficiência de vitamina A é um problema de saúde pública notável. Uma ingestão adequada de vitamina A é necessária no desenvolvimento pulmonar precoce, formação alveolar, manutenção e regeneração dos tecidos. A deficiência desta vitamina tem sido associada a alterações histopatológicas na camada epitelial pulmonar que perturbam a fisiologia normal do pulmão, predispondo a disfunção tecidual grave e doenças respiratórias. 



Table of ContentsToggle

Vitamina A e Pulmão 

A vitamina A é um micronutriente lipossolúvel que, juntamente com seus derivados naturais e análogos sintéticos, constitui o grupo dos retinoides. Ela está envolvida em uma ampla gama de processos fisiológicos, como desenvolvimento embrionário, visão, imunidade, diferenciação celular e proliferação. O ácido retinoico é a forma ativa principal da vitamina A, e múltiplos genes respondem ao sinal dele por meio de mecanismos transcricionais e não transcricionais.

Descobertas recentes mostram que há uma modificação das proteínas de junção celular em pulmões diante da deficiência de vitamina A. Resultados mostram que a deficiência de vitamina A crônica, tem impacto na fisiologia pulmonar e doenças pulmonares, as quais representam um importante problema de saúde global. 

Como a Vitamina A Interfere na Saúde Pulmonar?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a deficiência de vitamina A constitui, juntamente com a desnutrição proteica, o distúrbio nutricional mais comum no mundo. Uma grande quantidade de evidências tem demonstrado que a vitamina A é um fator importante que desempenha um papel direto no complexo processo de diferenciação e maturação do tecido pulmonar. Além disso, sua deficiência tem sido associada a alterações histopatológicas que predispõem à disfunção pulmonar grave e doenças respiratórias, as quais representam um importante problema de saúde global.

A conexão entre a deficiência de vitamina A e o pulmão é de extrema importância para a saúde respiratória. A ingestão adequada de vitamina A desempenha um papel crucial no desenvolvimento, função e manutenção dos pulmões. E, sua deficiência pode levar a alterações patológicas no tecido pulmonar, comprometendo a função respiratória e aumentando o risco de doenças pulmonares.

Portanto, é essencial que medidas sejam tomadas para garantir uma adequada ingestão de vitamina A, especialmente em populações em risco, como crianças e mulheres grávidas em países em desenvolvimento. Programas de suplementação de vitamina A podem desempenhar um papel importante na prevenção e tratamento de doenças pulmonares, reduzindo significativamente a morbidade e mortalidade relacionadas a essas condições.

Prática Clínica 

O tratamento da deficiência de vitamina A e suas complicações pulmonares geralmente envolve a suplementação oral de vitamina A, de acordo com as diretrizes clínicas estabelecidas. A dosagem e a duração do tratamento devem ser individualizadas com base nas necessidades de cada paciente, levando em consideração fatores como idade, gravidade da deficiência e presença de condições subjacentes. Além da suplementação, é fundamental abordar outros aspectos do manejo, como a melhoria da qualidade da dieta do paciente para garantir uma ingestão adequada.

Referências Bibliográficas 

Assista o vídeo na Science Play com Denise de Carvalho: Eixo intestino e pulmão 

Artigo: Vitamina A e pulmão – Timoneda J, Rodríguez-Fernández L, Zaragozá R, et al. Vitamin A Deficiency and the Lung. Nutrients. 2018;10(9):1132. Published 2018 Aug 21. doi:10.3390/nu10091132

Classifique esse post

4 visualizações

Comments


bottom of page