top of page

Doenças Cardiovasculares



Table of ContentsToggle

O que são?

As doenças cardiovasculares (DCV) são a maior causa de morbidade e mortalidade nos países desenvolvidos atualmente, com cerca de 20 milhões de mortes por ano, e o que choca é que 90% desses casos poderiam ser prevenidos. As principais doenças são a hipertensão arterial, insuficiência cardíaca, doença cardíaca coronariana, entre outras, e a causa mais conhecida é a aterosclerose. 

Qual sua causa e fatores de risco para doenças cardiovasculares?

Ainda não se sabe precisar ao certo a causa das DCVs, mas os fatores de risco já estão bem estabelecidos, e são diversos. Os principais são a própria hipertensão, tabagismo, história familiar, sobrepeso e obesidade, sedentarismo, hipercolesterolemia, diabetes mellitus, entre outros. O alto consumo de alimentos ultraprocessados aliado ao sedentarismo está ligado a piores desfechos, como maior mortalidade, morte por infarto agudo do miocárdio e AVC e mortalidade por todas as causas.

Como prevenir e tratar pacientes com doenças cardiovasculares?

Um padrão alimentar que contenha grãos integrais, frutas, vegetais, oleaginosas, legumes, peixe, óleos vegetais e contenha baixo consumo de carnes processadas, grãos refinados, carboidratos refinados e sal é o ideal para a prevenção de doenças cardiovasculares. Alguns dos nutrientes recomendados para pacientes que já possuam a doença são:


  1. Ácidos graxos monoinsaturados, no lugar dos saturados e trans;

  2. Proteínas do leite e de plantas, no lugar de proteínas de carne vermelha;

  3. Carboidratos de baixo índice glicêmico, no lugar de alto IG;

  4. Alimentos in natura, sem aditivos alimentares;

  5. Vitaminas e minerais, em especial potássio, manganês, vitamina B6, B9, B12 e K2;

  6. Fibras alimentares.

Quando precisa suplementar?

Podem haver benefícios para pacientes que apresentam doenças cardiovasculares, especialmente alterações nos triglicerídeos com hipertrigliceridemia grave (acima de 500mg/dL) na suplementação de ômega 3. A hipertrigliceridemia leva a uma redução no HDL e a um aumento nos níveis aterogênicos de lipoproteína de baixa densidade LDL, o que pode piorar ainda mais o quadro do paciente com DCV. É importante lembrar também que os pacientes que têm doenças cardiovasculares possuem recomendação forte de ingerir ao menos 2 porções de peixes fontes de ômega 3 por semana, com o benefício de manter o perfil lipídico adequado.

Referências

Artigo: Jiménez-Cortegana C, et al. Nutrients and Dietary Approaches in Patients with Type 2 Diabetes Mellitus and Cardiovascular Disease: A Narrative Review. Nutrients. 2021; 13(11):4150.

Classifique esse post

1 visualização

Comments


bottom of page