top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Ergogenia Nutricional: Alimentos e suplementos para potencializar o desempenho

Recursos ergogênicos nutricionais abrangem um conjunto de substâncias ou práticas ligadas à alimentação que se destacam pelo potencial de aprimorar diversos aspectos do desempenho esportivo. Desde a capacidade de exercício até a recuperação pós-treino e as adaptações decorrentes do treinamento, esses recursos têm sido amplamente explorados no universo atlético. 


Compreendendo uma gama variada de ferramentas, que vão desde suplementos dietéticos até escolhas específicas de alimentos e estratégias de hidratação e alimentação, seu emprego busca maximizar a performance e potencializar os resultados alcançados pelos atletas. Essa busca por otimização, embasada na ciência nutricional e no entendimento das demandas físicas do esporte, evidencia a importância crescente desses recursos no cenário esportivo contemporâneo.


Suplementos para o Ganho de Massa Muscular


Dentre os diversos suplementos amplamente utilizados para potencializar o ganho muscular, destacam-se aqueles que fornecem os nutrientes essenciais para a síntese de proteínas e recuperação pós-exercício. Os suplementos de proteínas em pó, como whey protein e caseína, juntamente com blends de proteínas, fornecem os aminoácidos necessários para o crescimento e reparo muscular. Além disso, a creatina tem sido extensivamente estudada e demonstrou ser eficaz no aumento de força, potência e volume muscular, constituindo-se como uma escolha popular entre os praticantes de musculação.


Outros suplementos, como os BCAAs e o HMB, são reconhecidos por sua capacidade de auxiliar na síntese proteica, reduzir a fadiga muscular e preservar a massa muscular durante períodos de treinamento intenso. Adicionalmente, carboidratos como maltodextrina e dextrose são fontes energéticas fundamentais durante o treinamento e auxiliam na recuperação muscular após atividades intensas.


Embora esses suplementos ofereçam benefícios significativos para a construção muscular, é crucial reconhecer que sua eficácia pode variar de acordo com fatores individuais, como genética, dieta e programa de treinamento. Assim, é altamente recomendável buscar orientação de profissionais de saúde ou nutrição antes de iniciar qualquer regime de suplementação, garantindo uma abordagem personalizada e segura para alcançar os objetivos de ganho muscular de forma eficaz e sustentável.


Suplementos vs. Desempenho Esportivo


Os suplementos desempenham um papel crucial na melhoria do desempenho esportivo, oferecendo uma variedade de opções para atletas que buscam alcançar novos patamares de excelência. Entre os mais comumente utilizados, destacam-se a cafeína, conhecida por seu potencial em aumentar resistência e concentração, e a creatina, cujos benefícios incluem o aumento da força e potência muscular. Além disso, os BCAAs, carboidratos e óxido nítrico também se destacam por sua capacidade de fornecer energia rápida, promover a síntese proteica e melhorar a entrega de nutrientes aos músculos durante o treinamento.


No entanto, é essencial reconhecer que a eficácia e segurança desses suplementos podem variar significativamente de acordo com as características individuais de cada atleta. Fatores como dieta, treinamento e estado de saúde devem ser considerados ao decidir sobre a suplementação. Portanto, a orientação de profissionais de saúde ou nutricionistas é fundamental para garantir que a escolha de suplementos seja adequada às necessidades específicas de cada pessoa, maximizando os benefícios e minimizando os riscos associados.


Além disso, os carboidratos são considerados um dos melhores auxílios ergogênicos disponíveis para atletas e pessoas ativas. É recomendado que atletas e indivíduos ativos consumam uma dieta rica em carboidratos, representando de 55 a 65% das calorias totais ou de 5 a 8 gramas por quilograma de peso corporal por dia, para manter as reservas de glicogênio muscular e hepático. Estudos demonstraram claramente que os carboidratos são um auxílio ergogênico que pode prolongar o exercício físico.


Ainda, a ingestão de uma pequena quantidade de carboidratos e proteínas 30-60 minutos antes do exercício, bem como o uso de bebidas esportivas durante o exercício, podem aumentar a disponibilidade de carboidratos e melhorar o desempenho físico. Por fim, consumir carboidratos e proteínas imediatamente após o exercício pode melhorar o armazenamento de carboidratos e a síntese de proteínas, auxiliando na recuperação muscular e na adaptação ao treinamento


Continue Estudando…





Referências Bibliográficas


KREIDER, Richard B; WILBORN, Colin D; TAYLOR, Lem; CAMPBELL, Bill; ALMADA, Anthony L; COLLINS, Rick; COOKE, Mathew; EARNEST, Conrad P; GREENWOOD, Mike; KALMAN, Douglas s. ISSN exercise & sport nutrition review: research & recommendations. Journal Of The International Society Of Sports Nutrition, [S.L.], v. 7, n. 1, p. 1, 5 jan. 2010. Informa UK Limited.


Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page