top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Exposição a Poluentes e Prejuízos Cardíacos

A poluição do ar é definida como a presença de substâncias na atmosfera resultantes da atividade humana ou de processos naturais. Quando esses materiais excedem as concentrações pré-estabelecidas, eles podem ser prejudiciais à saúde, principalmente para a saúde  do coração.



Table of ContentsToggle

Quais são os riscos?

Os impactos da poluição do ar na morbidade e mortalidade cardiovascular podem ser explicados por: 

1) um aumento no fibrinogênio e fatores inflamatórios circulantes que levam a um aumento na viscosidade do sangue e distúrbios de coagulação; 

2) alterações na modulação do sistema nervoso autônomo para o coração;

A principal descoberta do estudo foi que a exposição a longo prazo a poluentes, especificamente à fumaça, interfere na modulação autonômica cardíaca (controle dos batimentos cardíacos pelo sistema nervoso) e as mulheres estão mais vulneráveis do que os homens.

Isso pode ser explicado pelo fato de que os indivíduos do sexo masculino têm um tamanho do coração maior e, consequentemente, maior débito cardíaco e volume sanguíneo circulando, apresentando uma frequência cardíaca basal mais baixa em comparação com as mulheres. Um possível processo adaptativo relacionado à exposição a longo prazo a poluentes em ambos os sexos também deve ser considerado. 

Limitações do Estudo 

É importante reforçar que o estudo foi feito com base em apenas duas cidades do estado de São Paulo no Brasil. Considerando a imensidão e as diferenças do nosso país, os autores recomendam que mais pesquisas sobre o tema possam ser feitas a fim de expandir o conhecimento que se tem sobre os impactos da poluição na saúde das pessoas e seus efeitos diferenciais de acordo com o gênero

Prática Clínica

Os resultados sugerem que a exposição a longo prazo a poluentes, especificamente à fumaça, tem um impacto desfavorável na VFC, com uma redução na modulação autonômica vagal cardíaca, em adultos jovens saudáveis, principalmente mulheres.

Referências Bibliográficas 

Sugestão de estudo: Coração – Science Play

Assista o vídeo na Science Play com  Rodrigo Manda: Avaliação do risco cardiovascular

Artigo: Melinski, Anita de Cássia, Aparecida Maria Catai, Sílvia Cristina Garcia de Moura, Juliana Cristina Milan-Mattosand Monica Yuri Takito (2022), “Impact of Air Pollutant on Heart Rate Variability in Healthy Young Adults”, International Journal of Cardiovascular Sciences, 35 (Int. J. Cardiovasc. Sci., 2022 35(4)), 523–29.

Classifique esse post

0 visualização

Comentarios


bottom of page