top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Frutas e Hortaliças e o Risco de Câncer Gástrico

Apesar dos dados apresentados na literatura mostrarem que a incidência de câncer gástrico esteja diminuindo, esta ainda é a terceira causa de mortalidade por câncer. Diante disso, estudos avaliaram a associação entre fatores dietéticos e câncer gástrico. Dentre esses fatores, a ingestão de frutas e hortaliças têm merecido atenção considerável, uma vez que estes possuem grandes quantidades de fibras e antioxidantes que supostamente protegem contra alguns tipos de câncer.

Nesse sentido, acredita-se que as propriedades antioxidantes de frutas e hortaliças podem eliminar radicais livres potencialmente mutagênicos e induzir a produção de enzimas de desintoxicação, que podem neutralizar os danos ao DNA. Assim, a revisão sistemática e meta-análise discutida aqui busca revisar a associação da ingestão de frutas totais, hortaliças totais, frutas e hortaliças totais e ingestão total de frutas cítricas com risco de câncer gástrico em adultos.



Table of ContentsToggle

Ingestão de Frutas ou Frutas e Hortaliças?

Uma maior ingestão de frutas totais e frutas e hortaliças totais foi associada a um risco 13 e 25% menor de câncer gástrico, respectivamente. Além disso, constatou-se que o aumento de 100 g/dia na ingestão total de frutas e o aumento de 200 g/dia na ingestão total de frutas e hortaliças foi associado a um risco 5 e 6% menor de câncer gástrico, respectivamente. Vale destacar que essa associação não foi observada para o consumo total de hortaliças e também para o consumo de frutas cítricas.

Outrossim, a ingestão total de frutas teve uma associação protetora com o câncer gástrico. Isso pode ser devido ao fato de que os alimentos com uma alta capacidade antioxidante suprimem a progressão da gastrite atrófica para o carcinoma. Sendo as frutas uma das principais fontes de compostos antioxidantes, como a vitamina C e polifenóis que inibem a produção de substâncias cancerígenas em humanos, como os compostos N-nitrosos.

Quais os efeitos da ingestão de frutas e hortaliças?

Por outro lado, não foi encontrada nenhuma associação positiva entre a ingestão de frutas cítricas e o risco de câncer gástrico, no qual essa associação não significativa pode ser resultado de um número limitado de estudos incluídos nessa relação. Bem como não foi encontrada nenhuma associação positiva entre a ingestão total de hortaliças e o risco de câncer gástrico. Isso pode ser explicado pois existem diferentes tipos de hortaliças, as quais podem apresentar diferentes associações com o risco de câncer gástrico. 

Por exemplo, a literatura relata que o consumo de vegetais crucíferas foi inversamente associado ao risco de câncer gástrico, enquanto os vegetais em conserva mostrou que cada aumento de 40 g/dia na ingestão desse grupo de alimentos foi associado a um risco 15% maior de câncer gástrico. 

Ademais, a hortaliças são fontes ricas de ácido ferúlico e ácido p-cumárico, que podem retardar a progressão do ciclo celular e produzir efeitos anticancerígenos. Em contraste, alguns tipos de hortaliças, como hortaliças em conserva e enlatadas, são fontes exógenas de nitratos e nitritos de sódio, que por uma reação com aminoácidos no estômago podem produzir compostos N-nitrosos. Para mais, o maior consumo de fibra alimentar associa-se a um risco reduzido de câncer gástrico. As fibras dietéticas reduzem as concentrações de compostos N-nitrosos, que são potencialmente cancerígenos em humanos.

Prática Clínica

Em uma perspectiva de saúde pública, atingir populações com baixo consumo de frutas pode ser uma forma eficaz para prevenir a incidência de câncer gástrico. Vale destacar que uma maior ingestão de frutas totais e frutas e hortaliças totais foi associada a um risco 13 e 25% menor de câncer gástrico, respectivamente. 

Sendo que a cada aumento de 100 g/dia na ingestão total de frutas e a cada aumento de 200 g/dia na ingestão total de frutas e hortaliças observou-se um risco 5 e 6% menor de câncer gástrico. Além disso, mais estudos são necessários para esclarecer a associação da ingestão de frutas cítricas com o risco de câncer gástrico.

Referências Bibliográficas

Assista o vídeo na Science Play com Leonardo Mata: Exercício Físico e Câncer

Artigo Câncer gástrico: Naemi Kermanshahi M, Safaei E, Tutunchi H, et al. Fruit and vegetable intake in relation to gastric cancer risk: A comprehensive and updated systematic review and dose-response meta-analysis of cohort studies. Frontiers in Nutrition. 2023;10. doi:https://doi.org/10.3389/fnut.2023.973171

Classifique esse post

0 visualização

Comments


bottom of page