top of page

Glúten: Vale a pena excluir da dieta?

Nos últimos anos, a dieta sem glúten tornou-se popular, pois livros e mídias sociais sugeriram que seu consumo causa sobrepeso e síndrome metabólica. Por isso, o artigo mostrou o risco de eliminá-lo totalmente da dieta sem indicação.



Table of ContentsToggle

Indicação para dieta sem glúten

Atualmente, três condições requerem tratamento com dieta sem glúten: alergia ao trigo, sensibilidade ao glúten não celíaca e doença celíaca. No entanto, devido ao seu teor de glúten, o trigo provavelmente foi um dos alimentos mais difamados nos últimos anos e excluídos de uma maneira discriminada. 

O risco de eliminar o glúten 

Vale ressaltar que retirar o trigo da alimentação pode estar associado a baixa ingestão de alimentos integrais que são considerados uma boa fonte de fibra dietética não digerível e outros componentes bioativos. 

Evitar o consumo de trigo pode, portanto, estar associado à diminuição de fibras e ao aumento do índice glicêmico. 

Além disso, a maioria das pessoas que adotam esse tipo de dieta tende a seguir comendo alimentos processados, que são ricos em sal, gordura e açúcar com baixa fonte de micronutrientes e fibras, ou seja, menos saudáveis ​​do que alimentos in natura ou minimamente processados.

Qualidade nutricional dos produtos sem glúten

As pesquisas mais recentes sobre a qualidade nutricional dos produtos sem glúten, atualmente disponíveis no mercado, mostraram inadequações importantes – baixo teor de proteína e alto teor de gordura e sal.

Isso significa que aderir esse padrão dietético pode levar a mudanças na alimentação, promovendo um ambiente mais obesogênico.

Prática Clínica 

Dessa forma, milhões de pessoas em todo o mundo adotam essa dieta, apesar da falta de uma indicação clara. E isso pode estar relacionado com um ambiente obesogênico, pois alimentos que não contém essa proteína não garantem uma qualidade nutricional e muitos possuem alto teor de sal e gordura, além de menos fibra e proteína, induzindo uma alimentação com alto índice glicêmico.

Referências Bibliográficas 

Assista o vídeo na Science Play com Sylvia Campos: Intolerância a histamina: estratégias práticas

Metabolic Syndrome Risk?. (2022). Does Gluten Decrease (or Increase) Metabolic Syndrome Risk?. International Journal of Cardiovascular Sciences, 35(6), 814–815. 

Classifique esse post

7 visualizações

コメント


bottom of page