top of page

Impacto da Ingestão de Massas na Composição Corporal

Com o aumento da popularidade das dietas de baixo teor de carboidratos, o consumo de massas tem diminuído em muitos países. Isso, em parte, se deve à crença de que estas são consideradas alimentos que contribuem para o ganho de peso.



Table of ContentsToggle

Olhar Cultural para o Consumo de Massas

Em relação à cultura, a massa tem uma rica história culinária e tem sido usada em pratos de todo o mundo há séculos, muito antes do surgimento da epidemia de obesidade. Ainda, ela é frequentemente consumida como parte da dieta mediterrânea, que é uma das dietas mais bem pesquisadas para perda de peso e redução do risco de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares. 

Massas vs. Índice Glicêmico 

Em sua composição, a massa tradicionalmente é feita de grãos refinados, o que pode contribuir para sua percepção como “engordativa”, mas ao contrário de muitos outros grãos refinados, a estrutura única da massa a torna um carboidrato de baixo índice glicêmico. 

Dito isso, dietas de baixo índice glicêmico demonstraram ser benéficas para perda ou manutenção de peso em adultos e crianças, mesmo quando a dieta de baixo IG inclui macarrão. Mas claro, depende sempre da quantidade/carga glicêmica consumida.

Impacto das Massas no Emagrecimento

Apenas um ensaio clínico foi identificado examinando o impacto da ingestão de macarrão sozinho na perda de peso e foi consistente com estudos observacionais sugerindo que o macarrão pode ser incluído em uma dieta saudável e não contribuir para o ganho de peso ou impedir a perda de peso. 

Por outro lado, alguns estudos também relataram associações positivas de ingestão de massas e ganho de peso corporal. No entanto, dependeu de outros componentes dietéticos e do estilo de vida do indivíduo. 

Por exemplo, a massa é frequentemente incluída em pratos mistos que podem conter uma variedade de alimentos, incluindo vegetais, molhos de vegetais, frutos do mar e aves, bem como alimentos ricos em gordura saturada, como carnes vermelhas e processadas e queijo. 

Um dos estudos usando dados representativos nacionais dos EUA, relataram maior qualidade da dieta em consumidores de massas em comparação com não consumidores, mas menor qualidade da dieta se o prato de massa for consumido com queijo e alimentos processados, indicando a importância de outros componentes consumidos junto com a massa.

Prática Clínica

Em conclusão, apesar da percepção de alguns de que a massa é um alimento “engordativo”, ela não impede a perda de peso ou contribui para o ganho de peso dentro de um padrão alimentar saudável. Nutricionistas e outros profissionais de saúde devem considerar o macarrão como uma opção de carboidrato de baixo índice glicêmico no contexto de uma dieta saudável ou dieta para perda/manutenção de peso.

Referências Bibliográficas 

Assista o vídeo na Science Play com Marcelo Carvalho: Carboidratos: Amigo ou Vilão das Dietas?

Artigo: SANDERS, Lisa M.; SLAVIN, Joanne. Impact of Pasta Intake on Body Weight and Body Composition: a technical review. Nutrients, [S.L.], v. 15, n. 12, p. 2689, 9 jun. 2023. MDPI AG.

Classifique esse post

2 visualizações

Comments


bottom of page