top of page

Impacto do Uso das Terapias Nutricionais Injetáveis no Processo Oxidativo e na Inflamação Crônica

Introdução às Terapias Nutricionais Injetáveis


As terapias nutricionais injetáveis representam uma estratégia significativa na prática clínica, oferecendo uma abordagem inovadora para promover a saúde e o bem-estar dos pacientes. No entanto, é crucial empregar essas terapias com ética e base científica, garantindo a segurança e a eficácia do tratamento. Para trabalhar com terapias injetáveis, é necessário possuir um Alvará Sanitário e estar equipado com os dispositivos de primeiros socorros adequados.


Escolha e Administração


A definição do protocolo de tratamento não é padronizada, sendo validada individualmente pelo farmacêutico responsável. Esta abordagem flexível minimiza os erros e permite uma adaptação precisa às necessidades de cada paciente. No caso das terapias nutricionais injetáveis, é importante distinguir entre as vias endovenosa e intramuscular, com particularidades que devem ser consideradas. Enquanto os procedimentos endovenosos podem oferecer uma ação mais rápida, os intramusculares são necessários para substâncias lipossolúveis, por exemplo.


Casos Específicos e Indicações Clínicas


Pacientes submetidos à cirurgia bariátrica frequentemente experimentam dificuldades na absorção intestinal, o que pode comprometer a eficácia da suplementação oral de nutrientes. Nestes casos, as terapias nutricionais injetáveis oferecem uma alternativa viável para garantir a absorção adequada de nutrientes essenciais, como a vitamina B12.


Produção de ATP e Biodisponibilidade de Nutrientes


A produção de ATP (trifosfato de adenosina) no organismo é crucial para fornecer energia para as células. A falta de ATP pode resultar em pouca fosforilação, exacerbada pela deficiência de magnésio. O excesso de glicose pode saturar as mitocôndrias, prejudicando ainda mais a produção de ATP. Além disso, o piruvato atua como um importante cofator nutricional nesse processo.


Na via de beta oxidação dos ácidos graxos, a carnitina desempenha um papel essencial, pois é dependente dela. A biodisponibilidade de certos nutrientes, como a coenzima Q10, depende da presença de aminoácidos específicos, como lisina e metionina, além de nutrientes como ferro, niacina e vitamina B6, que são mediados pela carnitina. Por exemplo, a biodisponibilidade oral da coenzima Q10 varia de 1% a 10%.


O booster ATP é indicado para melhorar a função mitocondrial, aumentar a performance física e cognitiva, promover o ganho de massa muscular e melhorar a cognição. O estresse oxidativo está associado a várias doenças e inflamações. Tanto os antioxidantes enzimáticos quanto os não enzimáticos desempenham um papel crucial na modulação das espécies reativas de oxigênio, evitando a formação de radicais livres. Exemplos de antioxidantes não enzimáticos incluem ácido alfa-lipóico (ALA), glutationa, vitamina C e vitamina E.


É importante notar que as substâncias lipossolúveis podem ter dificuldade em se dispersar na água, o que pode resultar em uma redução da biodisponibilidade para o organismo. Por exemplo, a administração intravenosa de vitamina C mostrou reduzir a fadiga em duas horas, com efeitos persistentes por um dia, demonstrando sua segurança e eficácia em altas doses.


Melhora da Função Mitocondrial e Redução do Stress Oxidativo


As terapias nutricionais injetáveis também podem ser usadas para melhorar a função mitocondrial, aumentar a performance física e cognitiva e reduzir o estresse oxidativo. Componentes como coenzima Q10, vitamina C e antioxidantes desempenham um papel crucial na modulação das espécies reativas de oxigênio e na prevenção de inflamações e doenças relacionadas.


Prática Clínica


Em resumo, as terapias nutricionais injetáveis representam uma abordagem promissora para promover a saúde e tratar diversas condições clínicas. À medida que continuamos a aprimorar nossa compreensão dos mecanismos subjacentes e a desenvolver novas formulações, podemos esperar avanços ainda mais significativos neste campo emocionante da medicina nutricional.


Continue Estudando...





Referências Bibliográficas


SUH, Sang-Yeon; BAE, Woo Kyung; AHN, Hong-Yup; CHOI, Sung-Eun; JUNG, Gyou-Chul; YEOM, Chang Hwan. Intravenous Vitamin C administration reduces fatigue in office workers: a double-blind randomized controlled trial. Nutrition Journal, [S.L.], v. 11, n. 1, p. 1, 20 jan. 2012. Springer Science and Business Media LLC


Comentários


bottom of page