top of page

Ingerir Proteína Antes de Dormir: Impacto na Queima de Gordura Noturna

Como verificado por diversos estudos na literatura, o consumo de proteína antes de dormir é aparentemente vantajoso para a síntese proteica muscular, recuperação muscular e metabolismo geral. Resultados observados em estudos agudos e de longo prazo. Mas com relação ao tecido adiposo, ingerir proteína antes de dormir ajuda a “queimar” gordura durante o sono ?

Em um cenário agudo, um estudo verificou que o consumo de proteína de soro de leite, ou de proteína de caseína, em conjunto com carboidratos, 30 minutos antes do sono resultaram em um aumento da taxa metabólica matinal.



Table of ContentsToggle

Suplementação de Proteína na Literatura

Nesse contexto, um estudo reportou que o quociente respiratório na manhã seguinte à ingestão de nutrientes pré-sono foi semelhante para os ensaios com placebo e caseína, enquanto tanto o carboidrato quanto a proteína de soro de leite produziram um aumento no quociente em comparação com o placebo. Tal permite concluir que a caseína consumida antes do sono mantém a lipólise e a oxidação de gordura durante a noite.

Esse achado foi verificado em um outro estudo, que usou a técnica de microdiálise para medir as concentrações intersticiais de glicerol durante a noite a partir do tecido adiposo abdominal subcutâneo após ingestão de 30 g de caseína, ou um sabor e placebo não calórico sensorialmente pareado. Concluindo que a caseína pré-sono não diminuiu a lipólise durante a noite ou a oxidação de gordura.

Ademais, outros resultados foram encontrados. Estudos concluíram que a caseína pré-sono não resultou em insulina elevada na manhã seguinte, juntamente com índices de fome diminuídos em uma população com sobrepeso. Digno de nota, parece que o treinamento físico influencia significativamente o não aumento de insulina ao comer à noite antes de dormir, e a combinação de proteína pré-sono e exercício demonstrou reduzir a pressão arterial e a rigidez arterial.

Prática Clínica

Ingerir proteína antes de dormir não aumenta a “queima” de gordura durante o sono, contudo, caseína mostra-se uma opção mais adequada de proteínas para esse período se tratando de público que tem como objetivo o emagrecimento.  

Referências Bibliográficas

KERKSICK, Chad M. et al. International Society of Sports Nutrition position stand: nutrient timing. Journal of the international society of sports nutrition, v. 14, n. 1, p. 33, 2017.

Classifique esse post

25 visualizações

Opmerkingen


bottom of page