top of page

Leite



Table of ContentsToggle

O que é?

O leite é uma secreção produzida pelas glândulas mamárias de um animal e caracteriza-se por sua coloração esbranquiçada e constituição de diferentes nutrientes, como carboidratos, lipídios, proteínas, sais minerais e vitaminas.

Composição nutricional do leite

O leite de vaca é um produto composto por diversos tipos de moléculas e se apresenta em 3 tipos: leite integral (mínimo 3%), semi-desnatado (0,6-2,9%) e desnatado (máximo 0,5%), com a diferença entre eles sendo o percentual de gordura. O leite é composto majoritariamente por água (86-88%) e apresenta também proteínas, glicídeos (especialmente a lactose) e micronutrientes como cálcio, fósforo, vitaminas A,D,E e K, B1, B2, B6, B12, niacina e ácido pantotênico.

O leite de vaca é bom para a saúde?

Atualmente, encontra-se difundida a ideia de que o leite de vaca poderia ter potencial inflamatório mesmo para indivíduos sem alergias ou intolerâncias, estando então na gênese de diversos problemas. Porém ao olhar para evidências sérias como meta-análises, encontra-se que o consumo de leite e derivados estão associado a desfechos favoráveis na saúde, dentre estes é possível citar:

  1. Redução do risco de obesidade infantil;

  2. Melhorar a composição corporal em adultos;

  3. Facilita a perda de peso durante a restrição calórica; 

  4. Risco neutro ou reduzido de diabetes tipo 2; 

  5. Risco reduzido de doença cardiovascular, particularmente acidente vascular cerebral;

  6. Efeito benéfico na densidade mineral óssea, mas sem associação com o risco de fratura óssea;

  7. Entre os cânceres, a ingestão de leite e laticínios foi inversamente associada ao câncer colorretal, câncer de bexiga, câncer gástrico e câncer de mama, e não associada ao risco de câncer de pâncreas, câncer de ovário ou câncer de pulmão, enquanto a evidência de risco de câncer de próstata foi inconsistente.

Intolerância à lactose

Entretanto, algumas pessoas possuem intolerância à lactose (açúcar presente no leite), quadro caracterizado por uma incapacidade de digerir quantidades significativas de lactose devido a uma quantidade inadequada da enzima lactase. Nos pacientes com intolerância é possível observar sintomas como dor e distensão abdominal, flatulência excessiva e fezes aquosas após a ingestão de alimentos que contêm lactose.

Além disso, existem diferentes graus de intolerância à lactose, inclusive nos mais leves o indivíduo tolera ingestão de quantidades moderadas de lactose sem apresentar sintomas. Sendo assim, para esses indivíduos, o tratamento é retirar a lactose da dieta, e em alguns casos mais leves, suplementos de enzima lactase podem ser úteis. Também é importante cuidar da quantidade de cálcio ingerida, visto que o leite e derivados são algumas das maiores fontes desse micronutriente encontradas em alimentos.

Referências

Thorning TK, Raben A, Tholstrup T, Soedamah-Muthu SS, Givens I, Astrup A. Milk and dairy products: good or bad for human health? An assessment of the totality of scientific evidence. Food Nutr Res. 2016;60:32527. Published 2016 Nov 22. doi:10.3402/fnr.v60.32527

Classifique esse post

3 visualizações

Commenti


bottom of page