top of page

Manejo Dietoterápico para Pacientes em Uso de Ozempic

O Ozempic é um fármaco que apresenta como princípio ativo a semaglutida, uma molécula análoga do GLP-1. Esse hormônio é produzido no intestino e age sobre o sistema nervoso central, principalmente nas regiões de saciedade, apetite e gasto calórico. 

Por conta disso, ele vem sendo utilizado para o emagrecimento, porém apresenta riscos, uma vez que sua função principal é diminuir o impacto do diabetes mellitus tipo 2. O diabetes é uma condição crônica, caracterizada por níveis elevados de glicose no sangue (hiperglicemia) e deve ser controlada para evitar futuras comorbidades.



Table of ContentsToggle

Ozempic e Diabetes

O fármaco análogo do GLP-1 atua estimulando a liberação de insulina pelo pâncreas, como resposta aos altos níveis de glicose no sangue. Ainda, ele retarda o esvaziamento gástrico e promove maior saciedade, tendo como consequência a diminuição do consumo alimentar.

Dessa forma, o Ozempic é uma opção de tratamento para pacientes com diabetes tipo 2, pois ele auxilia no controle glicêmico e na liberação de insulina. Além disso, indivíduos com diabetes e que tenham sobrepeso também podem se beneficiar do fármaco, por ele ajudar no controle calórico.

Manejo Dietoterápico

Uma dieta bem prescrita torna-se essencial para o tratamento de pacientes em uso do Ozempic, uma vez que ele controla a glicemia. Assim, é necessário uma adequação alimentar que potencialize os efeitos do medicamento. Ainda, um plano dietético adequado pode melhorar a resposta do organismo à insulina e prevenir picos glicêmicos.

Prática Clínica

O nutricionista pode prescrever uma dieta que auxilie no tratamento, a partir do controle de carboidratos e do incentivo à ingestão de fibras alimentares. Em combinação, esses dois fatores regulam a saciedade e a absorção de glicose pelo organismo, ou seja, ajudam no controle glicêmico.

Além disso, é importante a recomendação de carnes magras, como peixe, frango e ovo, e gorduras saudáveis, como nozes, sementes e azeite de oliva. Dessa forma, as proteínas auxiliam na manutenção da massa muscular e as gorduras contribuem para a saúde cardiovascular.

Referências Bibliográficas: 

Artigo: GHUSN, Wissam; LAROSA, Alan de; SACOTO, Daniel; CIFUENTES, Lizeth; CAMPOS, Alejandro; FERIS, Fauzi; HURTADO, Maria Daniela; ACOSTA, Andres. Weight Loss Outcomes Associated With Semaglutide Treatment for Patients With Overweight or Obesity. Jama Network Open, [S.L.], v. 5, n. 9, p. 1-20, 19 set. 2022. American Medical Association (AMA). http://dx.doi.org/10.1001/jamanetworkopen.2022.31982. 

Classifique esse post

28 visualizações

Commentaires


bottom of page