top of page

Nutrição e Saúde Óssea: Qual a relação?

A osteoporose é determinada pela OMS, como uma doença esquelética sistêmica progressiva, caracterizada por baixa massa óssea e deterioração da microarquitetura do tecido ósseo, esse aumento na fragilidade do osso aumenta a suscetibilidade a fraturas e lesões. 

O osso é um tecido que pode ser modulado pela alimentação, uma revisão demonstrou que a alimentação é capaz de controlar 50% dos marcadores relacionados a reabsorção óssea. Além disso, a alimentação pode auxiliar na secreção de diversos hormônios responsáveis pelo ritmo de renovação óssea (como hormônios calcitrópicos, hormônios incretinas, hormônio do crescimento e cortisol). Tendo isso em vista, a nutrição desempenha um papel crucial na saúde óssea.



Table of ContentsToggle

Proteína na Saúde Óssea

Uma parte da matriz óssea é composta por colágeno. Além disso a proteína produz diversos hormônios e fatores de crescimento que modulam a síntese óssea, como o IGF-1. Para adequar as necessidades de proteína, a ingestão de carnes, laticínios, ovos, peixe, nozes, feijões, leguminosas, são recomendadas.

Cálcio na Saúde Óssea

Provavelmente o mineral mais importante na formação óssea, 99% do cálcio do corpo se encontra no osso. Ademais, baixos níveis de cálcio induzem maior secreção de PTH que está relacionada ao catabolismo ósseo. Para atingir as recomendações de cálcio, a ingestão de laticínios, espinafre, couve, quiabo, couve, soja, feijão-branco; é o recomendado.

Fósforo na Saúde Óssea

O fósforo desempenha um papel fundamental na formação óssea, pois é um constituinte essencial para a mineralização do osso, e baixos níveis de fósforo contribuem para uma deficiência na mineralização óssea. Para adequação dos níveis de fósforo, algumas fontes podem ser laticínios, carnes, aves, peixes, nozes e feijão.

Vitamina D na Saúde Óssea

Um importante mediador direto da saúde óssea, importante para a absorção intestinal de cálcio e fósforo via estimulação de 1,25(OH)2D, posteriormente relacionada à secreção e atividade do PTH. Para atingir as recomendações vitamina D, a ingestão de Peixe gordo, queijo, gema de ovo e outros alimentos fortificados.

Zinco na Saúde Óssea

Desempenha importante papel na mineralização do tecido ósseo e na síntese óssea da matriz orgânica, os níveis de zinco podem estar diretamente ligado à remodelação óssea. O zinco pode auxiliar na ação fisiológica da vitamina D sobre o cálcio, influenciando potencialmente também indiretamente a secreção de PTH. Com isso, a ingestão de carnes, frutos-do-mar, nozes, sementes, legumes; são mais recomendadas para adequação do zinco.

Prática Clínica

Outros nutrientes importantes para saúde óssea são magnésio, potássio, vitamina K, manganés, boro e entre outros. Além disso, é necessário se atentar com a ingestão energética total, pois a baixa disponibilidade de energia pode tornar mais propensa lesões no osso. Com isso, a importância do nutricionista é vital para uma boa qualidade óssea e na prevenção de lesões a longo prazo.

Referências Bibliográficas

SALE, Craig; ELLIOTT-SALE, Kirsty Jayne. Nutrition and Athlete Bone Health. Sports Medicine, [S.L.], v. 49, n. 2, p. 139-151, 13 nov. 2019.

Classifique esse post

4 visualizações

Comments


bottom of page