top of page

Por quê suplementar Whey Protein para idosos?

O crescimento da população idosa é um marco mundial. O número de idosos vem aumentando significativamente nos últimos anos nos países em desenvolvimento, como o Brasil. Isso se deve a uma melhor qualidade de vida e cuidados com a saúde, que contribuem para maior longevidade. Dessa forma, devido ao grande número de idosos, é importante buscar formas de suprir o aporte nutricional dessa população. Isso deve ocorrer, visto que o envelhecimento é um processo que envolve declínio da estrutura e das funções corporais em geral, podendo levar ao desenvolvimento de doenças crônicas. Entenda abaixo o papel da proteína, especificamente do whey protein, na saúde dos idosos.

A nutrição é uma grande aliada dos idosos, pois uma alimentação balanceada pode trazer muitos benefícios a esse grupo, seja na prevenção ou na dietoterapia de doenças. Além disso, fisiologicamente o envelhecimento reflete em alterações na ingestão, absorção e digestão de nutrientes.



Table of ContentsToggle

Proteína e Envelhecimento

A proteína é apontada como o principal nutriente para a saúde do idoso, visto que auxilia em um melhor desempenho do organismo e na melhor qualidade de vida. No entanto, estudos indicam que a população idosa apresenta uma ingestão insuficiente de proteínas de alto valor biológico. Além disso, as principais alterações na composição corporal durante o processo de envelhecimento são a perda progressiva de massa muscular e o aumento da massa gorda. Sendo que a perda de massa muscular e funcionalidade, intitulada como sarcopenia, contribui para o agravamento de diversos desfechos de saúde, como distúrbios metabólicos, principalmente diabetes mellitus 2, bem como maior fragilidade, relacionada à sarcopenia. 

Sendo assim, a literatura demonstra que a suplementação de whey protein, combinado com o treinamento de resistência, pode melhorar o desempenho muscular ao estimular a síntese proteica, um fator protetor contra a sarcopenia e contribuir para reduções significativas no risco de doenças cardiovasculares, ao melhorar a capacidade metabólica e cardiorrespiratória.

Whey Protein: O que é?

A fração whey protein é obtida a partir do soro resultante do processo de fabricação do queijo através da caseificação. As proteínas do soro representam cerca de 15% a 20% das proteínas totais do leite, rico em β-lactoglobulina (35% a 65%) e α-lactoalbumina (12% a 25%). Em menor quantidade, tem imunoglobulinas (8%), albumina (5%) e lactoferrina (1%) como seus principais componentes. Também é rico em aminoácidos de cadeia ramificada, como leucina, isoleucina e valina, bem como a cisteína. Outro ponto considerado é o fato da proteína do soro ser facilmente digerível. Isso aumenta rapidamente a concentração de aminoácidos no plasma, induzindo a síntese de proteínas nos tecidos. 

No que se trata da sua comercialização, pode ser encontrada sob três formas: concentrado (contendo lipídios e lactose junto com proteínas – 29% a 89%), isolado (90% de proteína) ou hidrolisado (parcialmente digerido, facilitando o metabolismo, além de ser hipoalergênico).

Dose Diária Recomendada (RDA)

A RDA para proteína é de 0,8  g de proteína/kg de peso corporal/dia para adultos, independentemente da idade. No entanto, é preciso considerar que esse valor representa a quantidade mínima de proteína necessária para evitar a perda progressiva de massa magra na maioria dos indivíduos. Havendo evidências de que a RDA para idosos pode ser superior a 0,8  g/kg/dia. E, quando superiores resultam em uma melhora da massa muscular, força e função em idosos. Além disso, outros fatores, incluindo estado imunológico, cicatrização de feridas, pressão arterial e saúde óssea podem ser melhorados pelo aumento da ingestão de proteínas acima da RDA. 

Prática Clínica

A literatura indica que uma ingestão de 1,5  g de proteína/kg/dia, ou cerca de 15 a 20% da ingestão calórica total, é uma meta razoável para a população idosa que desejam otimizar a ingestão de proteínas em termos de saúde e função. Dessa forma, o whey pode ser um grande aliado para suprir tais necessidades dos idosos.

Referências Bibliográficas

Artigo sobre Whey para idosos: Camargo LDR, Doneda D, Oliveira VR. Whey protein ingestion in elderly diet and the association with physical, performance and clinical outcomes. Exp Gerontol. 2020 Aug;137:110936. doi: 10.1016/j.exger.2020.110936. Epub 2020 Apr 11. PMID: 32289487.

Classifique esse post

7 visualizações

Comments


bottom of page