top of page

Probióticos Melhoram o Sono?

A privação de sono não é um cenário incomum  na sociedade atual. Nesse sentido, diversos fatores levam a uma perda da qualidade do sono, fato que gera resultados negativos à saúde, tanto de maneira aguda, quanto crônica. Assim, no que se refere à saúde do sono, seria possível afirmar que os probióticos podem melhorar o sono? Veja a seguir.



Table of Contents


Restrição de Sono e Impactos na Saúde


Inicialmente, a restrição de sono afeta tanto o bem estar físico, quanto o mental. Nesse sentido, ter uma boa noite de sono é fundamental para regulação dos processos metabólicos, além da produção de inúmeros hormônios, cuja influência de ́ produção é através da exposição ou falta (durante o sono) da luz solar.  Assim, cuidar da saúde do sono dos pacientes é fundamental na prática clínica. 


Probióticos vs. Sono


Tendo isso em vista, recentemente, o uso dos probióticos têm sido apontado como uma potencial estratégia a fim de melhorar a qualidade do sono. Nesse contexto, os indivíduos submetidos a restrição contínua  de sono, apresentam maiores chances de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, maior estresse oxidativo e também níveis mais altos de inflamação sistêmica. Fatores que apoiam a utilização dos probióticos tendo em vista sua ação em tais desordens metabólicas. 


Benefícios da Administração de Probióticos


Além disso, o uso dos probióticos pode auxiliar na melhora das condições relacionadas aos distúrbios do sono, e, consequentemente, influenciar na melhora para que este seja cada vez mais reparador à saúde do indivíduo. Ademais, os probióticos auxiliam na redução da inflamação, diminuindo o número de citocinas inflamatórias, espécies reativas de oxigênio e de nitrogênio, além de melhorar as defesas antioxidantes do corpo. Assim, a utilização dos probióticos se relaciona a melhora da inflamação que está associada a perda de sono. 


Prática Clínica


Apesar dos estudos em humanos ainda serem escassos, os probióticos sabidamente atacam a inflamação através de diferentes mecanismos. Assim, é prudente afirmar que a suplementação com probióticos melhora o sono. Logo, de maneira prática, as cepas mais estudadas são de Bifidobacterium spp e  Lactobacillus acidophilus reduzindo a neuroinflamação induzida pela restrição prolongada de sono. Portanto, adicionar os probióticos dentro das estratégias nutricionais se mostra uma alternativa eficiente com vistas a aumentar a qualidade de sono do paciente. 


Continue Estudando...



Sugestão de estudo: Probióticos


Assista  na plataforma Science Play Fast Tracks – Nutrição Clínica e Endocrinologia Ciclo Circadiano: Como Funciona?


Referências Bibliográficas


ZHENG, Yadong; ZHANG, Luyan; BONFILI, Laura; VIVO, Luisa de; ELEUTERI, Anna Maria; BELLESI, Michele. Probiotics Supplementation Attenuates Inflammation and Oxidative Stress Induced by Chronic Sleep Restriction. Nutrients, [S.L.], v. 15, n. 6, p. 1518, 21 mar. 2023. MDPI AG.

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page