top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Propriedades Biológicas e Aplicações Clínicas da Berberina

A berberina é um alcaloide isoquinolínico isolado da erva chinesa Coptis Chinensis e de outras plantas do gênero Berberis, que apresenta uma ampla gama de propriedades farmacológicas. Seu potencial terapêutico abrange diversas condições, incluindo doenças digestivas, metabólicas, cardiovasculares e neurológicas.



Table of Contents


Berberina na Saúde Humana


Em doenças digestivas, demonstrou capacidades protetoras. Isso porque ela pode inibir toxinas e bactérias, incluindo o Helicobacter pylori, proteger a barreira epitelial intestinal contra lesões e melhorar a saúde do fígado. Além disso, a berberina inibe a proliferação de várias linhagens de células cancerígenas e impede sua invasão e metástase. Estudos recentes confirmaram que ela pode aumentar a eficácia e segurança de tratamentos quimiorradioterápicos.


No que diz respeito ao metabolismo, atua auxiliando na regulação do metabolismo da glicose e lipídios, além de aumentar o gasto energético, reduzir o peso corporal e aliviar reflexos da doença hepática gordurosa não alcoólica. Adicionalmente, ela melhora a hemodinâmica cardiovascular, suprime arritmias isquêmicas, atenua o desenvolvimento da aterosclerose e reduz a pressão arterial.


Em relação ao sistema nervoso, a berberina exibe efeitos neuroprotetores, incluindo ações antioxidantes, antiapoptóticas e anti-isquêmicas. Essas propriedades sugerem um potencial promissor no tratamento de doenças neurológicas. Além das condições mencionadas acima, a berberina também demonstra efeitos protetores em outras doenças. Embora os mecanismos de ação tenham sido extensivamente explorados em estudos pré-clínicos, ainda há muito a ser esclarecido.


Outra característica interessante é que, considerando a forte associação entre doenças metabólicas, cardiovasculares e neurológicas, a berberina pode ser uma opção adequada para pacientes que sofrem de mais de uma dessas doenças. Apesar do potencial terapêutico da berberina revelado em estudos pré-clínicos, as evidências de investigações clínicas ainda são insuficientes. Portanto, é essencial conduzir mais pesquisas clínicas no futuro para confirmar sua eficácia e segurança em seres humanos.


Sendo assim, temos que a berberina apresenta propriedades biológicas notáveis e um potencial promissor para o tratamento de diversas doenças e distúrbios metabólicos, cardiovasculares e neurológicos. Embora seja uma substância natural segura e eficaz, a realização de estudos clínicos mais abrangentes é fundamental para estabelecer firmemente seu papel na prática clínica. Com a evolução da pesquisa, a berberina pode se tornar uma poderosa aliada na busca por tratamentos mais eficazes e menos agressivos para um amplo espectro de doenças.


Prática Clínica 


A berberina tem mostrado promissoras aplicações na prática clínica devido às suas diversas propriedades farmacológicas. Estudos sugerem que ela pode ser eficaz no controle da glicemia em pacientes com diabetes tipo 2, no gerenciamento do colesterol e triglicerídeos, no controle de peso e ação anti-inflamatória. Embora sejam necessárias mais pesquisas clínicas, a berberina representa uma opção terapêutica promissora, podendo trazer benefícios significativos para pacientes que enfrentam uma variedade de condições.


Continue Estudando...



Sugestão de Estudo: O que são adaptógenos?



Referências Bibliográficas 

SONG, Danyang; HAO, Jianyu; FAN, Daiming. Biological properties and clinical applications of berberine. Frontiers Of Medicine, [S.L.], v. 14, n. 5, p. 564-582, 25 abr. 2020. Springer Science and Business Media LLC.

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page