top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Quais são os tipos de creatina?

Atualmente existem diversos suplementos esportivos utilizados para diferentes finalidades, e mesmo um único suplemento pode ter várias versões. É o caso da creatina, um dos suplementos nutricionais mais consumidos pelos atletas e com grande evidência científica. Ela pode ser encontrada em três tipos principais: monohidratada, micronizada e alcalina. A indústria de suplementos esportivos disponibiliza diferentes versões alegando maior eficácia entre uma e outra. No entanto a literatura nos mostra o que realmente funciona. Entenda abaixo um pouco mais sobre os tipos de creatina disponíveis no mercado.


Monohidratada, micronizada e alcalina 

A creatina monohidratada é absorvida lentamente, uma vez que passa por um processo de filtração simples. Este suplemento é muito popular porque é mais barato e tem sido amplamente estudado por cientistas. A creatina micronizada, por outro lado, traz resultados mais rápidos porque é quebrada em partículas menores que são facilmente absorvidas pelo corpo.


Por outro lado, a menos conhecida das três opções é a creatina alcalina, que tem um pH mais alto. Essa propriedade a torna estável por períodos mais longos em soluções líquidas, aumentando ainda mais seu potencial de absorção. Embora haja diferentes tipos no mercado, a creatina monoidratada é a opção mais barata e com alta eficácia. 


Ambos os suplementos têm a mesma finalidade, sendo a micronizada e a alcalina,  variantes da monohidratada. No entanto, este passa por um processo que quebra as moléculas em partículas menores, de modo que a absorção é mais rápida. No entanto, nenhum estudo comprovou que a eficiência da creatina esteja relacionada à velocidade de absorção.

Prática Clínica


O processo para a formação de menores partículas de creatina é mais caro, o que afeta diretamente o preço do produto no mercado, tornando a creatina monohidratada uma opção mais barata e com igual eficácia. Portanto, entende-se que a principal diferença entre os dois tipos tem a ver com o preço de mercado e a velocidade de absorção pelo organismo, embora isso não seja um fato que afete diretamente os resultados.


Continue Estudando...


Sugestão de estudo: Creatina


Sugestão de estudo: Creatina: Como consumir?



Assista o vídeo na Science Play com Felipe Ribeiro sobre os tipos de creatina: Protocolos de suplementação de creatina e hipertrofia muscular  



Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page