top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Qual o papel da vitamina E na Imunidade?

A imunidade desempenha um papel fundamental na proteção do nosso organismo contra doenças e infecções. Diversos fatores podem influenciar a eficácia do sistema imunológico, incluindo a dieta e a presença de nutrientes essenciais. Um desses nutrientes é a vitamina E, uma vitamina lipossolúvel com potentes propriedades antioxidantes. Neste artigo, discutiremos o papel crucial dessa vitamina na imunidade, com base em evidências científicas recentes.



Table of ContentsToggle

Correlação entre Vitamina E e a Imunidade 

A vitamina E exerce uma importante função como antioxidante, protegendo os ácidos graxos poli-insaturados (PUFAs) nas membranas celulares contra a oxidação. Além disso, ela regula a produção de espécies reativas de oxigênio (ROS) e espécies reativas de nitrogênio (RNS), que podem causar danos às células e ao DNA. Por meio da modulação da sinalização celular também influencia a resposta imunológica.

Estudos em modelos animais e humanos têm demonstrado efeitos imunomodulatórios da vitamina E sob condições normais e em doenças específicas. Isso porque, em pesquisas recentes, houve um enfoque maior nos seus efeitos sobre células imunológicas específicas, tais como células dendríticas, macrófagos, células natural killer (NK), linfócitos T e linfócitos B. Estudos também indicam que a vitamina E aumenta a atividade das células natural killer (NK), que são fundamentais para a defesa contra células infectadas e células tumorais. Além disso, foram observadas alterações na função das células dendríticas, com redução na produção e migração de interleucina-12 (IL-12), outro aspecto importante da resposta imune.

Vitamina E e Autoimunidade na Literatura Científica

Apesar dessas descobertas promissoras, é importante destacar algumas considerações para o avanço do conhecimento sobre o papel desse micronutriente na imunidade. Estudos in vitro devem levar em conta a relevância fisiológica dos níveis de vitamina E utilizados no tratamento para a regulação de doenças imunológicas. Além disso, é necessário compreender que diferentes formas de vitamina E podem exercer efeitos diversos sobre as células do sistema imunológico.

A vitamina E desempenha um papel significativo na modulação e proteção do sistema imunológico, conferindo benefícios importantes para a resposta do organismo contra doenças e infecções. Seus efeitos sobre diferentes células do sistema imune têm sido objeto de estudo e prometem abrir caminhos para novas abordagens terapêuticas no tratamento de doenças imunológicas. No entanto, pesquisas adicionais são necessárias para uma compreensão mais abrangente e aprofundada dos mecanismos envolvidos, permitindo assim o desenvolvimento de terapias mais eficazes e direcionadas. Sem dúvida, essa vitamina é uma aliada importante na promoção da saúde do sistema imunológico.

Prática Clínica 

A suplementação adequada de vitamina E pode ser considerada em casos selecionados, como em pacientes com deficiência dessa vitamina ou em situações em que se busca fortalecer o sistema imunológico. Além disso, a compreensão dos mecanismos de sua ação nas células do sistema imunológico pode auxiliar na personalização de tratamentos e no desenvolvimento de terapias mais específicas para determinadas doenças autoimunes, alérgicas ou infecciosas. No entanto, é importante que as decisões terapêuticas sejam baseadas em evidências científicas sólidas e considerando as características individuais de cada paciente. 

Referências Bibliográficas 

Sugestão de Estudo: Sistema Imune 

Assista o vídeo na Science Play com Felipe Ribeiro: Imunologia – Os primeiros passos para sua jornada

Artigo: Vitamina E e imunidade – Lee GY, Han SN. The Role of Vitamin E in Immunity. Nutrients. 2018;10(11):1614. Published 2018 Nov 1. doi:10.3390/nu10111614

Classifique esse post

3 visualizações

Commentaires


bottom of page