top of page

Sono Adequado e Desempenho Esportivo

O sono tem um impacto significativo na saúde e quando insuficiente pode acarretar em impactos negativos no desempenho atlético, na cognição, no bem-estar mental, maior risco de lesões e afetar a recuperação. Os atletas tendem a dormir menos e de forma menos eficiente, estudos mostram que, em média, os atletas dormem cerca de 6 horas e meia por noite, além deste apresentar baixa eficiência.



Table of ContentsToggle

Impactos da Restrição de Sono na Performance

A restrição do sono tem efeitos adversos no desempenho atlético, incluindo alterações cardiorespiratórias e psicomotoras. Um estudo realizado por Mougin (1991) observou sete participantes em um ergômetro de bicicleta, onde eles foram submetidos a restrição de sono (3 horas de vigília durante a noite). Durante o exercício submáximo, houve um aumento significativo nas demandas fisiológicas, como frequência cardíaca, ventilação e frequência respiratória. Outros efeitos observados é um aumento na fadiga neuromuscular e na percepção de esforço.

Prática Clínica

O sono possui diversos efeitos negativos na performance e é referido por um alto percentual de atletas. Sendo assim, intervenções para melhorar o sono entre os atletas pode melhorar a força física, velocidade, desempenho cognitivo, tempo de reação, saúde mental e outros aspectos. Com isso, é importante analisar sua qualidade já no momento da anamnese para garantir que ele não está sendo um fator limitador durante o exercício. 

Referências Bibliográficas 

CHAREST, Jonathan; GRANDNER, Michael A. Sleep and athletic performance: impacts on physical performance, mental performance, injury risk and recovery, and mental health. Sleep medicine.https://doi.org/10.1016%2Fj.jsmc.2019.11.005

Classifique esse post

7 visualizações

Bình luận


bottom of page