top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Suco de Beterraba e Pressão Arterial: Qual a relação?

A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é um grande desafio de saúde global com alta prevalência e complicações indesejáveis, incluindo doenças cardiovasculares e doenças renais crônicas.

O aumento na pressão arterial(PA) induz alterações estruturais e funcionais profundas nos vasos sanguíneos, como redução da elasticidade arterial e aumento da espessura da parede, contribuindo para diminuição do fluxo e elevação da resistência vascular sistêmica. No coração hipertenso, um aumento persistente da resistência vascular força o coração a aumentar sua atividade de bombeamento para manter a distribuição regular de oxigênio e nutrientes, induzindo remodelamento do ventrículo esquerdo para compensar a sobrecarga cardíaca.

Tendo isso em vista, várias terapias complementares foram propostas para melhoria dessa condição, como o uso de suplementos dietéticos e alimentos funcionais, o nitrato foi um deles.



Table of ContentsToggle

O que é o Nitrato no Suco de Beterraba?

O nitrato está presente em vários alimentos, sendo abundante em vegetais de folhas verdes e principalmente na beterraba. Após a ingestão, o nitrato é convertido no corpo em nitrito e armazenado e circulado no sangue. Em condições de baixa disponibilidade de oxigênio, o nitrito pode ser convertido em óxido nítrico. O óxido nítrico é conhecido por desempenhar vários papéis importantes no corpo humano, como a maior contratilidade do músculo esquelético, aumento do fluxo sanguíneo, homeostase de cálcio e glicose, além do aumento na biogênese mitocondrial.

Visando a saúde cardiovascular, foi pautado potenciais efeitos cardioprotetores do óxido nítrico, incluindo regulação da pressão arterial, controle do endotélio vascular e melhora da contratilidade miocárdica, tanto em indivíduos saudáveis ​​quanto naqueles com doenças cardiovasculares.

Suco de Beterraba e HAS na Literatura

Uma metanálise intitulada, “Repeated administration of inorganic nitrate on blood pressure and arterial stiffness: a systematic review and meta-analysis of randomized controlled trials”, teve o objetivo de avaliar os efeitos do uso crônico do nitrato inorgânico na pressão arterial e na rigidez arterial.

Sendo assim, 46 ensaios clínicos randomizados foram incluídos nessa metanálise, os estudos incluídos investigaram a administração oral de nitrato inorgânico em comparação com um controle apropriado (placebo, tratamento ativo ou padrão). Em relação à fonte de nitrato utilizada nos estudos, não houve nenhuma restrição, incluindo sucos de beterraba, dietas vegetais ricas em nitrato e sais de nitrato em solução ou cápsulas. Os indivíduos incluídos nos estudos, foram indivíduos saudáveis, com doenças cardiovasculares (DCV) ou com alto risco de desenvolvimento de DCVs. Além disso, a duração das intervenções foi no mínimo de 3 dias .

Portanto, o resultado da metanálise demonstrou que o nitrato inorgânico reduz a pressão arterial periférica e central, porém sem efeitos significativos na pressão arterial de 24 horas e medidas de rigidez arterial.

Prática Clínica

Por mais que o resultado da metanálise seja positivo, algumas limitações foram encontradas nela. Uma delas, foi que as intervenções dietéticas com vegetais tem outros nutrientes que podem auxiliar no controle da pressão arterial, dificultando a conclusão se o nitrato ocasionou melhora da PA. Outra limitação relatada, foi a discrepância nos resultados do estudo, provavelmente pelos diferentes subgrupos populacionais incluídos na metanálise. Além disso, a qualidade das evidências incluídas, foram classificadas de moderadas a baixas.

Tendo isso em vista, é necessário mais estudos controlados com duração a longo prazo, para determinar os efeitos do nitrato dietético no controle da hipertensão.

Referências Bibliográficas

IVY, John L.. Inorganic Nitrate Supplementation for Cardiovascular Health. Methodist Debakey Cardiovascular Journal, [S.L.], v. 15, n. 3, p. 200, 1 jul. 2019. Http://dx.doi.org/10.14797/mdcj-15-3-200.

GUIMARAES, Danielle A.; BATISTA, Rose I. M.; TANUS‐SANTOS, Jose E.. Nitrate and nitrite‐based therapy to attenuate cardiovascular remodelling in arterial hypertension. Basic & Clinical Pharmacology & Toxicology, [S.L.], v. 128, n. 1, p. 9-17, 28 ago. 2020. Http://dx.doi.org/10.1111/bcpt.13474.

LI, Dandan; NISHI, Stephanie K.; JOVANOVSKI, Elena; ZURBAU, Andreea; KOMISHON, Allison; MEJIA, Sonia Blanco; KHAN, Tauseef A.; SIEVENPIPER, John L.; MILICIC, Davor; JENKINS, Alexandra. Repeated administration of inorganic nitrate on blood pressure and arterial stiffness: a systematic review and meta-analysis of randomized controlled trials. Journal Of Hypertension, [S.L.], v. 38, n. 11, p. 2122-2140, 24 jul. 2020. Http://dx.doi.org/10.1097/hjh.0000000000002524.

Classifique esse post

3 visualizações

コメント


bottom of page