top of page

Vitamina D e Osteoartrite: tem relação?

A osteoartrite é uma condição degenerativa das articulações que afeta principalmente os idosos, causando dor, limitação de movimento e redução da qualidade de vida. A vitamina D é conhecida por desempenhar um papel importante na saúde óssea, e sua deficiência tem sido associada a um maior risco de desenvolvimento e progressão da osteoartrite.



Table of ContentsToggle

Papéis Fisiológicos da Vitamina D

A vitamina D desempenha um papel fundamental na regulação do cálcio no organismo. Ela ajuda na absorção de cálcio no intestino e na reabsorção nos rins, contribuindo para manter os níveis séricos do micronutriente. A deficiência de vitamina D pode levar a desequilíbrios na homeostase do cálcio, afetando negativamente a saúde das articulações, já que esse mineral é um componente essencial da estrutura óssea e da cartilagem articular.

Além disso, a vitamina D também estimula a formação de tecido ósseo. Isso pode ser relevante na osteoartrite, pois a doença envolve a perda de cartilagem e alterações no osso subcondral (abaixo da cartilagem). A vitamina em questão pode influenciar a remodelação óssea, afetando a resposta do osso subcondral às alterações na cartilagem. Ainda, pode influenciar a síntese e a degradação do colágeno, componente essencial da cartilagem articular.

A osteoartrite também está relacionada à fraqueza muscular, que pode agravar a doença. A vitamina D desempenha um papel na saúde muscular, auxiliando na função muscular adequada. Isso pode ser importante na gestão da osteoartrite, pois músculos mais fortes podem oferecer suporte adicional às articulações afetadas.

Posso prescrever vitamina D à vontade? 

Em resumo, a vitamina D desempenha um papel potencial na prevenção e tratamento da osteoartrite, mas sua eficácia e aplicabilidade clínica precisam ser avaliadas em cada caso individualmente. Estudos continuam a fornecer insights valiosos sobre essa relação, mas a decisão de suplementar deve ser feita com base em uma avaliação abrangente do paciente e em consulta com um profissional de saúde qualificado.

Prática Clínica

Em pacientes com osteoartrite, é importante avaliar os níveis séricos de vitamina D. A deficiência desse micronutriente é relativamente comum, especialmente em idosos, e pode ser corrigida com suplementação adequada. Em casos de deficiência, a suplementação pode ser considerada. No entanto, a decisão de suplementar deve ser individualizada e baseada em avaliações clínicas específicas, levando em consideração fatores como idade, sexo, exposição solar, níveis séricos de vitamina D e a presença de outros problemas de saúde. 

Pacientes com osteoartrite que estão recebendo suplementação devem ser acompanhados de perto por profissionais de saúde. É importante monitorar a resposta ao tratamento, os níveis séricos de vitamina D e quaisquer efeitos colaterais potenciais. Por fim, a terapia deve ser abordada de forma multifatorial, com a consideração de outras intervenções, como exercícios físicos, perda de peso, fisioterapia e medicamentos, de acordo com as necessidades individuais do paciente.

Referência Bibliográfica

PARK, Clara Yongjoo. Vitamin D in the Prevention and Treatment of Osteoarthritis: from clinical interventions to cellular evidence. Nutrients, [S.L.], v. 11, n. 2, p. 243, 22 jan. 2019. MDPI AG.

Classifique esse post

8 visualizações

Comments


bottom of page