top of page

Beta-Alanina como Pré-Treino: É mesmo eficiente?

A beta-alanina é considerada um dos suplementos mais populares atualmente, sendo cada vez mais buscada por atletas e praticantes de esportes com intuito de melhorar a performance. É um aminoácido não essencial sintetizado no fígado, e não demonstra ter nenhum potencial ergogênico por si só. O principal objetivo da sua suplementação é aumentar a quantidade de carnosina no músculo, aumentando consequentemente, a capacidade de tamponamento intracelular, e permitindo maior tolerância à atividade anaeróbica sustentada.

Entretanto, muitas pessoas confundem esse objetivo, como algum benefício instantâneo, utilizando a dosagem no pré treino. Essa confusão acontece, principalmente, pela presença da parestesia (sensação de formigamento), um dos únicos efeitos colaterais da beta-alanina, que aparece logo após a ingestão. Veja abaixo mais informações sobre a beta-alanina!



Table of ContentsToggle

Mecanismo de ação

Para compreender o motivo desse aminoácido não precisar ser utilizado necessariamente como pré-treino, e tampouco possuir seu efeito pleno no momento exato do uso, torna-se necessário entender a forma como ele funciona fisiologicamente.

A beta-alanina é um precursor de carnosina, ou seja, uma vez ingerida, é combinada com a histidina no músculo esquelético e em outros órgãos, para formar a carnosina. Existe uma forte relação entre a quantidade de carnosina e a capacidade de tamponamento muscular nos íons H +, evitando quedas abruptas do pH muscular. Durante o exercício intenso, ocorre redução nesse pH, aumentando a acidose. Com mais carnosina no músculo, se permite que o exercício continue por mais tempo, demorando um pouco mais para atingir a fadiga. Porém, esse efeito tamponante, só é possível acontecer após 2 a 4 semanas de uso contínuo.

Prática clínica

Portanto, mesmo nos dias em que não houver treinamento, é necessário a suplementação da beta alanina. Caso houver relato pelo paciente do uso de algum suplemento pré treino que obtiver beta-alanina em sua composição, deverá ser indicado a compra desse aminoácido de forma separada, visto que será utilizado de forma contínua. Dessa forma, é sugerido o uso diário entre 3,2g e 6g, dividido em 2-4 doses ao longo do dia.

Referências Bibliográficas:

Artigo: Hoffman, J. R., Varanoske, A., & Stout, J. R. (2018). Effects of β-Alanine Supplementation on Carnosine Elevation and Physiological Performance. Advances in food and nutrition research, 84, 183–206.

Classifique esse post

5 visualizações

Comentarios


bottom of page