top of page

Corpos Cetônicos



Table of ContentsToggle

O que são?

Os corpos cetônicos (acetoacetato, beta-hidroxibutirato e acetona) são produtos derivados da quebra de ácidos graxos e são produzidos na matriz mitocondrial das células do fígado em situações de jejum prolongado, baixa ingestão de carboidratos, exercícios extenuantes e de forma patológica no diabetes que pode levar ao quadro de cetoacidose e culminar em morte.  A formação de corpos cetónicos de maneira fisiológica não causa perigos à saúde e é fundamental para produção alternativa de energia em períodos de fome prolongada. 

Para que serve os corpos cetônicos?

A formação destes é uma via alternativa para o uso do o acetil-CoA no fígado e geração de energia para as células musculares, cardíacas e para o cérebro, em situações de jejum superior a 24 horas, por exemplo. O acetoacetato e o beta-hidroxibutirato não são oxidados no fígado, mas transportados pelo sangue até os tecidos periféricos onde podem converter-se novamente em acetil-CoA.

Como funcionam os corpos cetônicos?

Quando a oferta de energia proveniente da glicose é baixa, o corpo utiliza os ácidos graxos como fonte energética para serem oxidados e dão início à cetogênese. Este processo origina acetil-CoA que pode ser utilizado no Ciclo de Krebs ou na produção dos corpos cetônicos. 

Quando precisa suplementar?

É importante salientar que estas substâncias também podem ser formados a partir de aminoácidos como a treonina, fenilalanina, lisina, leucina e isoleucina em menor grau. Como os ácidos graxos são utilizados para a produção dos corpos cetônicos, a adoção da prática da dieta cetogênica ganhou inúmeros adeptos em todo o mundo e é feita com uma proporção de ingestão de gorduras que  chega até 90% das calorias totais. Neste contexto, muitos estudos ilustram os desfechos positivos de uma dieta cetogênica bem planejada no corpo. 

Referência

Classifique esse post

13 visualizações

Comments


bottom of page