top of page

Corte de Peso em Esportes de Combate: Efeitos fisiológicos e Psicológicos

Em quase todos os esportes de combate, os atletas são classificados de acordo com sua massa corporal para que as lutas sejam mais equitativas em termos de tamanho corporal, força e agilidade. No entanto, muitos atletas reduzem drasticamente a massa corporal na tentativa de obter vantagem ao competir contra adversários mais leves, menores e mais fracos.

Por mais que os efeitos adversos sejam bem conhecidos, a prevalência dos procedimentos agressivos para redução rápida de peso é muito alta na maioria dos esportes de combate, como luta livre, judô, jiu-jitsu, karatê, taekwondo e boxe.



Table of ContentsToggle

Efeitos Psicológicos do Corte de Peso em Esportes de Combate

Os efeitos mais pronunciados nos atletas submetidos a perda de peso rápida foram a diminuição da memória de curto prazo, vigor, concentração e autoestima, bem como aumento da confusão, raiva, fadiga, depressão e isolamento, todos os quais podem prejudicar o desempenho competitivo. Por exemplo, a diminuição da memória de curto prazo pode afetar a capacidade de um atleta seguir as instruções de seu treinador antes de uma partida. Da mesma forma, a falta de concentração e foco pode afetar a capacidade do atleta de lidar com as distrações durante as competições de alto nível, resultando em baixo desempenho.

Além disso, esses atletas são muito propícios a desenvolverem transtornos alimentares como, compulsão alimentar, anorexia e bulimia, por conta das restrições alimentares extremas impostas nesse período. 

Efeitos Fisiológicos do Corte de Peso em Esportes de Combate

A perda de peso pode gerar decréscimos na performance. Pensando no desempenho aeróbio, o decréscimo de performance tem sido atribuído a fatores como a desidratação, diminuição do volume plasmático, aumento da frequência cardíaca, distúrbios hidroeletrolíticos, termorregulação prejudicada e depleção de glicogênio muscular. A força máxima parece não ser afetada pela perda de peso a curto prazo, embora a perda de peso a longo prazo cause um impacto negativo no ganho de força durante uma temporada.

No desempenho anaeróbio, a perda de peso rápida só causa decréscimos pronunciados na performance, quando o atleta não tem a oportunidade de realimentar e hidratar de forma adequada após a pesagem. Com isso, a perda de peso a curto prazo, quando seguido de um período de recuperação pós-pesagem, causa um impacto mínimo ou nenhum impacto no desempenho anaeróbico. Por fim, alguns estudos epidemiológicos relacionam a perda de peso aguda com o maior risco de lesões.

Prática Clínica

Visando atenuar os efeitos adversos do corte de peso em atletas de esporte de combate, alguns cuidados podem ser implementados. Primeiramente, induzir uma perda de peso gradual (<1kg/semana), ao invés de um corte de peso agudo, pode ser a estratégia mais viável para chegar no peso alvo e evitar os efeitos adversos. Além disso, o uso de estratégias extremas como o uso de roupas de borracha, saunas seca e a vapor, caixas quentes, saunas, laxantes e diuréticos, devem ser evitadas para não induzir uma desidratação exagerada e prejudicar a saúde do atleta. Por fim, enfatizar a importância de uma dieta equilibrada é essencial para minimizar os efeitos adversos causados pelo corte de peso.

Referências Bibliográficas 

FRANCHINI, Emerson; BRITO, Ciro José; ARTIOLI, Guilherme Giannini. Weight loss in combat sports: physiological, psychological and performance effects. Journal Of The International Society Of Sports Nutrition, [S.L.], v. 9, n. 1, p. 14-17, 6 fev. 2012. Http://dx.doi.org/10.1186/1550-2783-9-52.

Classifique esse post

3 visualizações

Comments


bottom of page