top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Diabetes Mellitus Gestacional na Prática Clínica

A intolerância à glicose que ocorre geralmente nos últimos trimestres da gestação pode ocasionar o Diabetes Mellitus Gestacional (DMG), condição cada vez mais frequente entre as mulheres jovens. Nesse sentido o desenvolvimento de tal comorbidade está relacionado a diversos fatores, sendo a microbiota um ponto crucial que influencia a saúde e a doença. Dessa maneira, entende mais sobre a rela.ao entre o Dabetses, a microbiota e a gestação para aperfeiçoar a sua prática clínica.



Table of ContentsToggle

Fisiopatologia da Diabetes Mellitus Gestacional

A princípio, a fisiológica da gestação já envolve mecanismos naturais de intolerância à glicose e resistência insulínica. Logo, a demanda energética do feto  em desenvolvimento é alta o que propicia com que os mecanismos de captação e disponibilidade energética sejam modificados. 

Além disso, quando os hábitos alimentares são desregulados durante a fravidez, a ocorrência de DMG é comum. Dessa maneira, a prevenção por meio do cuidado nutricional é fundamental para que se evitem as complicações relacionadas ao desenvolvimento do DMG, tanto para mãe, quanto para o feto.

Intercorrências Mãe e Bebê na Diabetes Mellitus Gestacional

Somado a isso, esse ambiente de resistência a insulina favorece o hiper crescimento fetal que sabidamente já está relacionado a desordens metabólicas no futuro. No mais, a saúde materna e a microbiota também influenciam no acometimento do DMG.

Inflamação e Diabetes

Logo, mulheres com um perfil de citocinas pró inflamatórias elevado e a microbiota desregular no início da gestação estão mais propensas ao desenvolvimento do Diabetes Gestacional. Assim, a castata inflamatória imedidada pela a interleucina-6 possui um potencial contribuinte para a patogênese do DM G.

Prática clínica

Portanto, é notória a relação entre o desenvolvimento do diabetes gestacional e da microbiota. Assim, reduzir os níveis inflamatórios nos períodos de pré concepção e no primeiro trimestre de gestação através de uma alimentação anti inflamatória é uma estratégia crucial para a prevenção do diabetes gestacional. Nesse sentido, o padrão alimentar mediterrabeoop possui a característica de ser altamente anti inflamatória e pode ser utilizado na prática clínica.

Referências Bibliográficas

Assista na plataforma Science Play ao Fast Tracks – Nutrição Clínica e Endocrinologia Onde Começa a Resistência à Insulina?Artigo Gestational diabetes is driven by microbiota-induced inflammation months before diagnosis Pinto Y, Frishman S, Turjeman S, et alGestational diabetes is driven by microbiota-induced inflammation months before diagnosisGut 2023;72:918-928.

Classifique esse post

3 visualizações

Comments


bottom of page