top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Diuréticos e Creatina: Há interação droga-nutriente?

Devido aos seus efeitos comprovados em aumentar a força e o desempenho físico, a creatina é um suplemento popular entre atletas e entusiastas da musculação. Ainda assim, muitos pacientes nos perguntam no consultório se o uso de diuréticos pode prejudicar a absorção e eficácia desse suplemento. Neste cenário, é crucial considerar como os medicamentos e as suplementações interagem e compreender por que os diuréticos não são tão prejudiciais quanto se pensa.



Table of Contents


Creatina vs. Diuréticos


Em relação à interação entre diuréticos e creatina, é essencial entender como esses medicamentos e a creatina impactam o corpo. Os diuréticos são medicamentos destinados a aumentar a eliminação de água e sódio do organismo. Eles atuam diretamente nos rins, promovendo a excreção de água e eletrólitos para combater a retenção de líquidos e tratar condições como hipertensão e edema.


Por outro lado, a creatina é um composto natural que desempenha um papel crucial no metabolismo energético. Absorvida no trato gastrointestinal e transportada para as células musculares, atua desempenhando papel fundamental no fornecimento de energia durante atividades físicas intensas.


Além disso, a creatina aumenta a retenção de água intracelular nos músculos, o que pode melhorar o desempenho físico, força e resistência durante o exercício. Dessa forma, é importante destacar que os diuréticos não afetam a absorção deste nutriente no trato gastrointestinal nem sua retenção nas células musculares. Isso ocorre porque os diuréticos agem diretamente nos rins, aumentando a eliminação de líquidos e reduzindo a retenção de água no organismo.


Portanto, desde que a hidratação seja adequada, os diuréticos não prejudicam a absorção da creatina ou sua capacidade de aprimorar o desempenho físico. É fundamental manter um equilíbrio entre o uso de diuréticos, a ingestão de creatina e a hidratação para garantir que os benefícios da creatina no desempenho esportivo não sejam comprometidos quando esses medicamentos são necessários para tratar condições médicas específicas.


Creatina vs. Cafeína


A cafeína, um estimulante amplamente encontrado em bebidas como café, chá e refrigerantes energéticos, desfruta de popularidade devido à sua capacidade de aumentar a vigilância, concentração e disposição. Como resultado, muitos suplementos pré-treino incorporam a cafeína, aproveitando seus benefícios. Além disso, a cafeína é conhecida por estimular o metabolismo e a termogênese, tornando-a uma escolha atraente para aqueles que buscam melhorar seu desempenho físico.


Entretanto, surgem preocupações sobre a possível interação entre a cafeína e a creatina. Embora a cafeína possa ter um efeito diurético, aumentando a produção de urina, isso não parece prejudicar substancialmente a habilidade da creatina de promover a retenção de água intracelular nos músculos. Portanto, para aqueles que consomem creatina, o uso moderado de cafeína não deve ser motivo de preocupação, uma vez que os benefícios da creatina continuam a ser observados sem interferência significativa.


Prática Clínica


Dessa forma, embora os diuréticos tenham características que aumentam a excreção de água e eletrólitos, sua administração moderada não afeta a eficácia da creatina. Dito isso, é essencial seguir uma abordagem equilibrada ao tomar suplementos e sempre consultar um nutricionista para garantir que você maximize os resultados de suas opções.

Continue Estudando...





Referências Bibliográficas


MARINHO, Alisson H.; GONÇALVES, Jaqueline S.; ARAðJO, Palloma K.; LIMA-SILVA, Adriano E.; ATAIDE-SILVA, Thays; ARAUJO, Gustavo G. de. Effects of creatine and caffeine ingestion in combination on exercise performance: a systematic review. Critical Reviews In Food Science And Nutrition, [S.L.], v. 63, n. 20, p. 4785-4798, 30 nov. 2021. Informa UK Limited.

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page