top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Efeito da beta-alanina em boxeadores

A beta-alanina é um suplemento que tem atraído a atenção de nutricionistas, devido seu efeito ergogênico em diversas modalidades esportivas. Assim, ela atua como precursor da carnosina e tem predominância em fibras do tipo 2. Por outro lado, a carnosina tem um papel importante na regulação do pH muscular durante exercícios de alta intensidade. Isso ocorre, pois ela atua como um tampão muscular, retardando o acúmulo de íons de hidrogênio, que estão associados à fadiga muscular. Esse efeito ergogênico da beta alanina pode permitir que os lutadores treinem em intensidades mais elevadas por períodos mais longos.



Table of ContentsToggle

Fisiologia do boxe e beta-alanina

Em relação ao boxe, ele é um esporte com diversas categorias de pesos, onde os atletas apresentam altos percentuais de massa muscular. Além disso, a demanda do metabolismo anaeróbio é alta na modalidade, considerando que a potência e força muscular são fatores primordiais para o boxe. Ademais, a aptidão cardiorrespiratória elevada é importante para os boxeadores para suportarem a demanda metabólica do combate e proporcionar uma recuperação mais rápida entre os rounds.

Beta-alanina na Literatura

Sendo assim, um ensaio clínico intitulado como”The effects of 10 weeks of β-alanine supplementation on peak power, power drop, and lactate response in Korean national team boxers”, avaliou o efeito da beta alanina na potência de pico, queda de potência e níveis de lactato em atletas de boxe amadores.

Os testes mediram a força isométrica, força isotônica, força muscular, potência muscular e medidas de lactato. O estudo pode concluir que os boxeadores que suplementaram beta-alanina tiveram maior potência de pico nos membros inferiores. Além disso, eles apresentaram menor queda de potência na parte superior do corpo quando comparado ao grupo placebo. 

Prática Clínica

O boxe é um esporte de característica intermitente e sua a duração e intensidade demandam uma alta taxa do fluxo glicolítico gerando altas secreções de lactato e íons H +. Assim, a suplementação de beta-alanina se torna uma alternativa viável para melhor performance no boxe. É recomendável que a suplementação diária de beta-alanina seja feita em doses de 3,2 a 6,4 gramas/dia em um período de 10 a 12 semanas.

Referências

KIM, Kwang-Jun; SONG, Hong-Sun; YOON, Dong Hyun; FUKUDA, David H.; KIM, Soon Hee; PARK, Dong-Ho. The effects of 10 weeks of β-alanine supplementation on peak power, power drop, and lactate response in Korean national team boxers. Journal Of Exercise Rehabilitation, [S.L.], v. 14, n. 6, p. 985-992, 27 dez. 2018.

Classifique esse post

7 visualizações

Comments


bottom of page