top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Estresse Oxidativo



Table of ContentsToggle

O que é?

O estresse oxidativo pode ser definido como um desequilíbrio entre moléculas oxidantes e antioxidantes em favor dos oxidantes, levando a uma interrupção da sinalização redox e controle e/ou dano molecular.

Para que serve o estresse oxidativo?

O corpo humano naturalmente possui fatores oxidantes e fatores anti-oxidantes, que podem inclusive vir da dieta. Ambos são importantes para o funcionamento adequado do organismo, quando em balanço. O estresse oxidativo é justamente o desbalanço dessa equação, pendendo para o lado dos oxidantes e podendo causar danos celulares e moleculares devido a formação excessiva de radicais livres.

Como funciona o estresse oxidativo?

O excesso de espécies reativas de O2 pode agravar diversos eventos, como o envelhecimento precoce, mutações, câncer, aterosclerose, lesões em órgãos diversos, síndrome demencial, disfunção renal pós-transplante, artrite reumatóide, hemocromatose transfusional, doenças auto-imunes, entre outros. É importante lembrar que esses eventos só ocorrerão caso a eficiência do sistema antioxidante não consiga superar os fenômenos oxidativos. Por isso, é importante reforçar a defesa antioxidante do organismo, e a dieta pode auxiliar nisso.

Suplementação e dieta

Uma das dietas mais conhecidas pelo seu potencial antioxidante é a Dieta Mediterrânea (DM), que é rica em compostos anti-inflamatórios e propriedades antioxidantes. A dieta é rica em frutas e vegetais, que são uma ótima fonte de antioxidantes, assim como os temperos nela incluídos, como a curcumina. O consumo de café também é interessante, pois possui substâncias como os polifenóis, assim como as oleaginosas que também possuem um importante papel antioxidante. 

Pacientes com deficiência de vitamina C podem considerar a suplementação, visto que ela é capaz de modular o estresse oxidativo grave, especialmente em doenças como sepse grave, trauma e reperfusão após isquemia.

Referências

Artigo: Gantenbein KV, Kanaka-Gantenbein C. Mediterranean Diet as an Antioxidant: The Impact on Metabolic Health and Overall Wellbeing. Nutrients. 2021 Jun 6;13(6):1951. doi: 10.3390/nu13061951. PMID: 34204057; PMCID: PMC8227318.

Classifique esse post

2 visualizações

Comments


bottom of page