top of page

Exercícios Físicos São Aliados no Tratamento da Doença Inflamatória Intestinal

A busca por aliados no tratamento da doença inflamatória intestinal (DII)  é uma constante entre a comunidade científica. Diversas terapias já foram estudadas a fim de melhorar o quadro de dor dor crónica e os níveis de inflamação intestinal. Nesse contexto, o exercício físico seria um aliado para tal trabalho? Leia tudo que você precisa saber sobre exercícios e DII.



Table of ContentsToggle

O que é a Doença Inflamatória Intestinal?

A Doença Inflamatória Intestinal (DII) é uma condição crônica que engloba a doença de Crohn (DC), colite ulcerativa (CU) e a colite indeterminada, sendo caracterizada por episódios clínicos recidivantes e remitentes que culminam em dor elevada. Adicionado a isso,  os principais sintomas são: diarréia, sangramento retal, cólicas abdominais e a  perda progressiva  de peso. 

Sintomatologia

Além desses, também podem ocorrer sintomas de  ansiedade, humor deprimido e fadiga grave, o que compromete severamente a qualidade de vida do paciente. Nesse sentido, dados apontam que quase 40% dos pacientes reduzem a sua resposta biológica à terapia medicamentosa, e outros 40% apresentam perda secundária de resposta biológica aos medicamentos. Assim, tais dados reforçam a necessidade de inclusão de novas terapias complementares ao tratamento da DII

Exercício e Doença Inflamatória Intestinal

No tocante,  o exercício físico, vem sendo estudado como um aliado  adjuvante no trabalho da DII. Dessa maneira, as terapias mais convencionais como suplementos dietéticos, psicoterapias e intervenções corporais que inclui a acupuntura, quando associados a prática regular de exercícios físicos, resultam em melhora do quadro inflamatório do paciente. 

Prática Clínica

Portanto, o exercício físico regular é um grande aliado no que se refere ao tratamento da DII. Logo, incluir a atividade física na rotina, no mínimo 3 vezes por semana, reduz a inflamação crônica, melhora os parâmetros de ansiedade e também de humor. Assim, a orientação profissional acerca da relevância do treinamento é fundamental para melhora de tal quadro. 

Referências Bibliográficas

Mc Gettigan N, Allen K, Saeidi R, O’ Toole A, Boland K. A systematic review of the effect of structured exercise on inflammation and body composition in inflammatory bowel disease. Int J Colorectal Dis. 2023;38(1):143. Published 2023 May 25. doi:10.1007/s00384-023-04437-2

Classifique esse post

1 visualização

Comments


bottom of page