top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Importância da Saúde Muscular no Envelhecimento

Possuir uma boa saúde muscular durante o envelhecimento é sinônimo de autonomia. Nesse sentido, ter um arcabouço muscular preservado é o desejo de quem busca a longevidade saudável. Assim, preparamos aqui, os principais pontos sobre a importância da saúde muscular durante o processo de envelhecimento. Leia para saber mais. 



Table of ContentsToggle

Implicações da Sarcopenia

Inicialmente, com o passar dos anos, naturalmente, ocorre um declínio da massa e também da função muscular nos idosos. Tal processo, se não controlado, pode ocasionar o que os pesquisadores denominam de sarcopenia. Nesse aspecto, os idosos sarcopênicos sofrem uma drástica redução da sua autonomia e também da sua mobilidade, pois, tanto a quantidade quanto a funcionalidade dos músculos  está reduzida. Ademais, ainda crescem também as chances do acometimento de quedas e consequentemente de fraturas, que nessa população podem ser fatais.

Nesse sentido, na sarcopenia, um dos processos que acontecem, é a baixa capacidade regenerativa de células satélites, associada a uma disfunção mitocondrial, que ao longo do tempo influencia na redução do conteúdo total musculoesquelético. Além disso, o  declínio fisiológico dessa massa muscular, também resulta em uma funcionalidade reduzida dos motoneurônios, sendo este processo exacerbado nos indivíduos sedentários. Portanto, a inatividade física piora o quadro de sarcopenia nos idosos. 

Atividade Física e Saúde Muscular 

No tocante, não é segredo que a massa muscular é importante para a saúde de todos, mas no envelhecimento, possuir uma reserva muscular adequada é primordial. Nesse sentido, a atividade física programada e bem orientada entra como um fator chave para  a saúde e para a longevidade. Logo, os programas de treinamento bem prescritos, tem a capacidade de melhorar a habilidade funcional, a autonomia, o conteúdo de massa  muscular total dos idosos.

Além disso, também é capaz de aumentar a qualidade de vida dos mesmos. Portanto, é evidente a importância  da saúde muscular para o envelhecimento saudável. Assim, diversos fatores podem ser manejados no âmbito ambulatorial, para melhorar a saúde do idoso. A exemplo da microbiota que possui uma associação com o eixo intestino/músculo esquelético. Tal associação, é um alvo para a melhora na composição da microbiota e impacta também a saúde muscular.

Prática Clínica

Nesse sentido, cuidar do intestino do idoso é uma prioridade na prática clínica. Ademais, a administração de pré e também de probióticos mostra-se benéfica. Além disso, a suplementação de vitamina D em conjunto a uma maior exposição solar também apresenta capacidade de melhorar o perfil muscular. Assim, manter os níveis séricos de vitamina D dentro do recomendado (30 a 60 ng/mL) está associado a menor atrofia muscular.

Referências Bibliográficas

Artigo: saúde do músculo esquelético no envelhecimento Agostini D, Gervasi M, Ferrini F, Bartolacci A, Stranieri A, Piccoli G, Barbieri E, Sestili P, Patti A, Stocchi V, Donati Zeppa S. Uma Abordagem Integrada para a Saúde do Músculo Esquelético no Envelhecimento. Nutrientes. 2023; 15(8):1802. https://doi.org/10.3390/nu15081802

Classifique esse post

9 visualizações

Comentários


bottom of page