top of page

Inflammaging: O inimigo silencioso da longevidade

O médico José Ribas abordou o tema “Inflammaging: O inimigo silencioso da longevidade” no Workshop de Medicina e Longevidade.

O inflammaging é uma inflamação de baixo grau resultante do envelhecimento e/ou da inflamação causada pelo acúmulo de radicais livres devido à má alimentação e exposição ao sol e poluentes. Ele é responsável por acelerar o processo de senescência em todas as células do corpo, incluindo as células de defesa. 

A inflamação subclínica não fornece resultados claros, mas os pacientes frequentemente apresentam sinais e sintomas que devem ser tratados continuamente, pois a inflamação aumenta ao longo do tempo. Doenças cardiovasculares, por exemplo, podem ser evitadas com mudanças de hábitos. 

Tanto a inflamação aguda quanto a crônica podem causar alterações fisiológicas e o surgimento de doenças antes da idade avançada. É importante entender a rotina do paciente para identificar as principais causas dessa inflamação. A inflamação pode ser evitada desde o útero, promovendo um ambiente saudável para o desenvolvimento do indivíduo, sem danos mitocondriais.



Table of ContentsToggle

Causas da Inflammaging

A inflamação está relacionada a diversas condições, incluindo câncer, comprometimento cognitivo e doença periodontal. A boca pode ser uma fonte de inflamação, destacando a importância de uma equipe multidisciplinar de saúde, com o intuito de realizar uma avaliação bucal para monitorar os níveis inflamatórios.

Inflammaging vs. Obesidade

O aumento do índice de massa corporal (IMC) está associado a níveis mais elevados de inflamação, mesmo em adultos jovens. A atividade inflamatória, medida pelos níveis de proteína C-reativa (PCR), está intimamente relacionada ao desenvolvimento de diabetes tipo II. A modulação da obesidade começa com mudanças no estilo de vida, causando alterações hormonais que afetam a inflamação.

Prática Clínica

O tratamento envolve mudanças no estilo de vida, sono de qualidade, exercício físico, anti-inflamatórios e antioxidantes estratégicos. Fórmulas antioxidantes e anti-inflamatórias podem ser benéficas para bloquear e corrigir a inflamação, além de que a saúde hepática também é importante, e estratégias baseadas em plantas podem modular a inflamação. 

Matéria elaborada pela colunista Luiza Diniz, com base na palestra do médico José Ribas

Classifique esse post

13 visualizações

Comments


bottom of page