top of page

Jogadores de futebol podem tomar creatina?

A creatina é um dos principais recursos ergogênicos utilizados pelos atletas, principalmente praticantes de musculação e fisiculturistas. Além disso, já está bem estabelecido que, a  suplementação de creatina, favorece o desempenho esportivo, estando relacionada ao aumento da força, dentre outros inúmeros benefícios. No entanto, será que os jogadores de futebol também podem tomar creatina? Veja a seguir.



Table of Contents


Como a creatina atua? 


De início, a suplementação de creatina atua aumentando os estoques intramusculares de creatina fosfato, o que favorece o sistema fosfagênico e consequentemente a produção energética,  promovendo o aumento da força. 


Nesse sentido, pelos seus mecanismos de atuação, a creatina é um suplemento amplamente utilizado para modalidades de curta duração, mas que exigem alta intensidade. No entanto, ainda se discute se existe a real necessidade da suplementação nos esportes como o futebol, no qual o tempo de atividade é extenso. 


Exigência Energética no Futebol


Porém, cabe ressaltar que o futebol envolve diversos tipos de movimento que exigem demandas energéticas diferentes. Assim, durante uma partida, um jogador realiza os movimentos de caminhar,  saltar, mudar de direção, correr, acelerar e desacelerar, entre outros. Dessa forma, durante uma partida, existem momentos de maior e menor intensidade em que a variação metabólica de produção energética é acentuada


Suplementar creatina ou não?


Além disso, a distância média de corrida de um jogador é de 8 a 12 kg por jogo, sendo uma média de 50 a 250 movimentos de sprint em alta intensidade. Tendo isso em vista, a suplementação da creatina também é indicada para os jogadores de futebol, considerando que, nesses períodos, a energia do jogador é advinda tanto dos mecanismos fosfagênio, quanto do metabolismo anaeróbico.


Prática Clínica


Portanto, jogadores de futebol também podem se beneficiar da suplementação com creatina e melhorar o seu desempenho em campo. Logo, existem diversos protocolos de suplementação, a exemplo dos valores de 0,8 g por Kg, ou doses de 5 g todos os dias. Nesse sentido, cabe ressaltar que o ponto principal para uma implementação efetiva da creatina é a periodicidade, sendo necessário o consumir diariamente. 


Continue Estudando...


Sugestão de estudo: Suco de Cereja Azeda no Futebol




Assista  na plataforma Science Play: Fast Tracks – Nutrição Esportiva Protocolos de suplementação de creatina e hipertrofia muscular


Referências Bibliográficas


MIELGO-AYUSO, Juan; CALLEJA-GONZALEZ, Julio; MARQUÉS-JIMÉNEZ, Diego; CABALLERO-GARCÍA, Alberto; CÓRDOVA, Alfredo; FERNÁNDEZ-LÁZARO, Diego. Effects of Creatine Supplementation on Athletic Performance in Soccer Players: a systematic review and meta-analysis. Nutrients, [S.L.], v. 11, n. 4, p. 757, 31 mar. 2019. MDPI AG.

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page