top of page

Probióticos e sua relação com o emagrecimento. Como eles podem contribuir?


Conheça as cepas de probióticos que podem ajudar no emagrecimento


Os probióticos são bactérias vivas que são benéficas para o organismo como um todo, pois auxiliam a combater a disbiose, uma vez que geram maior população de bactérias boas, reduzem a endotoxemia e promovem uma colonização intestinal com maior diversidade microbiológica.


Os probióticos mais conhecidos são aqueles provenientes de alimentos, como os do iogurte, leite fermentado e kefir, por exemplo. Porém, mesmo eles sendo fontes muito interessantes de probióticos pro hospedeiro, possuem algumas limitações, como em relação a qual tipo de probiótico é consumido (não podendo, por vezes, o consumidor ingerir a cepa de probiótico específica para um determinado objetivo, como o emagrecimento, por exemplo) além da quantidade de microrganismos que é ofertada por alimento consumido, podendo não ser suficiente para a estratégia nutricional determinada.


Nos alimentos fontes de probióticos não é possível se estabelecer uma quantidade padronizada e estável de bactérias em função das alterações de temperatura ambiental e características do próprio alimento.


Na necessidade de consumo de probióticos para recuperação da composição da microbiota intestinal, o uso de suplementos (em cápsulas ou pó) tem sido descrito como uma estratégia segura e eficiente. Diversas cepas colaboram para o emagrecimento, agindo na microbiota e no restante do organismo, levando harmonia para as vias do intestino, a partir da interação com outras moléculas e desencadeando processos que favorecem a perda de gordura, como a relação com os hormônios da saciedade, inibição de lipogênese e excreção de metabólitos positivos ao corpo.


São exemplos de cepas que auxiliam no processo de emagrecimento e que podem ser encontradas na loja online da Pure Encapsulation:


Mistura probiótica de L. acidophilus , L. Casei e L. Salivarius, B. Lactis e B. Bifidum e Sterptococcus thermophilus para apoiar a função imunológica saudável dentro do trato G.I. que promove o reequilíbrio da microbiota intestinal, contribuindo para a recuperação do GALT (gut associated lymphoid tissue, ou, em português “tecido linfóide associado ao intestino”), melhorando o sistema imune. Além disso, promove melhora da função da barreira da mucosa intestinal e da viabilidade das células epiteliais, o que torna o intestino menos permeável e corrobora para a diminuição da endotoxemia.


Este produto é uma mistura de cepas de Lactobacillus helveticus e Bifidobacterium longum. Entrega um maior bem-estar emocional e diminui o estresse ocasional dos consumidores. Pesquisas sugerem que Lactobacillus helveticus Rosell-52 e Bifidobacterium longum Rosell-175, apoiam a saúde emocional, contribuindo para o equilíbrio saudável de citocinas e a integridade intestinal, além de melhorar os parâmetros de estresse.


Bem, mas o que isso tem a ver com o emagrecimento? Não é novidade que a saúde emocional está diretamente ligada com o ato de se alimentar e com a rotina que o indivíduo leva e, pensando no emagrecimento, já foi elucidado que controlar os níveis de estresse, levando-os a uma diminuição gradual, pode contribuir para o emagrecimento, inclusive em pessoas obesas. Sendo assim, além de manter a microbiota intestinal em harmonia e contribuir para o bem-estar emocional, esta cepa de probióticos pode ajudar no seu processo de emagrecimento, uma vez que auxilia no controle do estresse emocional.


Bifidobacterium bifidum, Bifidobacterium lactis, Bifidobacterium acidophilus, que são bactérias relacionadas a melhora do funcionamento do trato gastrointestinal, digestão de açúcares, retardar a colonização de bactérias indesejáveis para a microbiota e melhora na resistência de infecções. Uma microbiota livre de inflamação é muito importante para a proliferação de boas bactérias e consequentemente bons produtos, que caminham a favor de um ambiente auspicioso para o emagrecimento.


---


Artigos relacionados



Referências bibliográficas

Xenaki N, Bacopoulou F, Kokkinos A, Nicolaides NC, Chrousos GP, Darviri C. Impact of a stress management program on weight loss, mental health and lifestyle in adults with obesity: a randomized controlled trial. J Mol Biochem. 2018;7(2):78-84. Epub 2018 Oct 3. PMID: 30568922; PMCID: PMC6296480.


Morrison DJ, Preston T. Formation of short chain fatty acids by the gut microbiota and their impact on human metabolism. Gut Microbes. 2016 May 3;7(3):189-200. doi: 10.1080/19490976.2015.1134082.


Qingqing Zhang, Yucheng Wu & Xiaoqiang Fei (2016) Effect of probiotics on body weight and body-mass index: a systematic review and meta-analysis of randomized, controlled trials, International Journal of Food Sciences and Nutrition, 67:5, 571-580, DOI: 10.1080/09637486.2016.1181156

159 visualizações

Commentaires


bottom of page