top of page

Programação Metabólica: O Papel da Epigenética na Reprodução e Desenvolvimento Inicial

A programação metabólica, termo que se refere às influências do ambiente uterino na saúde a longo prazo, tem sido objeto de estudos desde períodos históricos marcados por fome e escassez de nutrientes. Inicialmente explorada em contextos de guerras e pós-guerras, a hipótese de que a subnutrição impacta não apenas o indivíduo, mas também as gerações futuras, deu origem ao campo da epigenética na reprodução e gestação.


Consequências da Programação Metabólica


Os efeitos da programação metabólica vão além das consequências imediatas na saúde individual, evidenciando mudanças metabólicas adaptativas nas gerações seguintes. A capacidade de armazenamento de energia aumentada em resposta à escassez, transmitida epigeneticamente, pode resultar em problemas como obesidade e doenças metabólicas na idade adulta.


Durante o período gestacional, a plasticidade do genoma é máxima, influenciando diretamente o desenvolvimento fetal. As "janelas de exposição" destacam momentos críticos em que estímulos, como a privação de nutrientes no início da gestação, podem ter impactos permanentes ou passageiros no crescimento e na saúde.


Epigenética: Regulação Metabólica


A atuação da maquinaria epigenética, incluindo a metilação do DNA e modificações em histonas, inicia-se no período embrionário, integrando os genomas paterno e materno. Os genes imprintados em órgãos como pâncreas, músculos e hipotálamo, desempenham papel crucial na regulação metabólica, influenciando o controle alimentar do neonato e associando-se a condições como síndrome metabólica e distúrbios neurológicos.


Prática clínica


É essencial compreender e abordar a programação metabólica. Intervenções nutricionais durante a gestação, como a suplementação de ácido fólico, podem reduzir os riscos de anomalias neonatais. Além disso, a inclusão de compostos bioativos, como resveratrol e genisteína, na dieta materna pode ter um impacto positivo na expressão gênica, proporcionando proteção à descendência contra futuras complicações. Isso ressalta a importância da nutrição como uma ferramenta preventiva e terapêutica na promoção da saúde desde os estágios iniciais da vida.


Continue Estudando…





Referências Bibliográficas


GUIDO, L. N.; BOLAÑOS-JIMENEZ, F.; ONG, T. P. Imprinting e programação metabólica. In: COMINETTI, C.; ROGERO, M. M.; HORST, M. A. (org.). Genômica nutricional: dos fundamentos à nutrição molecular. Barueri: Manole, 2016. p. 409-422. 


Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page