top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Reflexos da Homocisteína na Fertilidade

A homocisteína é um produto do metabolismo da metionina, um dos  aminoácidos essenciais que devem ser obtidos através da alimentação, visto que o organismo não é capaz de produzi-los. Essa metionina ingerida na dieta é transformada em SAM (S-Adenosil-metionina), que se transforma em SAH (S-Adenosil-homocisteína) e por fim é transformada neste biomarcador. 



Table of ContentsToggle

Excesso de Homocisteína

É considerado alta quando a concentração desse aminoácido no sangue é maior que 15 µmol/L. Ademais, níveis altos estão relacionados com o desenvolvimento de algumas doenças, visto que seu aumento leva a lesões de endotélio e de outros tecidos corporais. São exemplos de possíveis quadros a demência, câncer, doenças cardiovasculares, trombofilias, abortos espontâneos, pré-eclampsia e outros possíveis problemas durante a gestação, pois alterações neste marcador podem afetar o desenvolvimento oocitário. Além de afetar a espermatogênese, nos homens. 

Causas de Hiperhomocisteinemia

  1. Problemas enzimáticos

  2. Deficiência de cofatores

  3. Excesso de ingestão de carne vermelha

  4. Uso de contraceptivos orais 

Modulando Níveis de Homocisteína

Como estratégia para diminuir os níveis de homocisteína, é preciso ter em foco a regulação dos níveis de vitamina B12, folato, B6 e B2, pois a deficiência de B12 eleva os níveis deste marcador. No mais,  a associação entre vitamina B12 e ômega 3 reduz significativamente suas concentrações plasmáticas.

Referências Bibliográficas

Kim J, Kim H, Roh H, Kwon Y. Causes of hyperhomocysteinemia and its pathological significance. Arch Pharm Res. 2018 Apr;41(4):372-383. doi: 10.1007/s12272-018-1016-4. Epub 2018 Mar 19. PMID: 29552692.

Classifique esse post

3 visualizações

Comments


bottom of page