top of page

Saúde e Dieta Vegetariana: O que você precisa saber?

A dieta vegetariana, caracterizada pela exclusão ou redução significativa de produtos de origem animal, tem crescido devido aos seus potenciais benefícios para a saúde e preocupações ambientais. Ao adotar esse estilo de alimentação, as pessoas optam por uma maior ingestão de alimentos de origem vegetal, como frutas, vegetais, legumes, grãos integrais, leguminosas e nozes.

 

Redução de Doenças Crônicas

 

Estudos indicam que uma dieta vegetariana bem planejada pode estar associada a uma redução do risco de doenças crônicas, incluindo doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e certos tipos de câncer. Isso se deve, em parte, à maior ingestão de nutrientes e fibras provenientes dos alimentos vegetais, que são pobres em gorduras saturadas e colesterol.

 

Além disso, a dieta vegetariana tende a ser mais baixa em calorias e gorduras saturadas do que as dietas onívoras, o que pode ajudar no controle do peso e na prevenção da obesidade. O alto teor de fibras das plantas promove a saciedade e reduz o consumo excessivo de alimentos.

 

Expectativa de Vida vs. Dieta Vegetariana

 

A dieta vegetariana pode aumentar a expectativa de vida de várias maneiras. Em primeiro lugar, ela está associada a um menor risco de desenvolver doenças crônicas, como doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e obesidade. Essas condições têm um impacto significativo na saúde e podem diminuir a expectativa de vida. Ao reduzir o risco dessas doenças, a dieta vegetariana pode contribuir para uma vida mais longa e saudável.

 

Além disso, a dieta vegetariana é geralmente rica em nutrientes essenciais e fibras, que desempenham um papel crucial na manutenção da saúde geral do corpo. Uma alimentação equilibrada e nutritiva pode ajudar a prevenir uma série de problemas de saúde e manter o corpo funcionando adequadamente ao longo do tempo.

 

Outro fator é a potencial redução na ingestão de gorduras saturadas e colesterol. A dieta vegetariana tende a ser mais baixa nesses componentes, que estão associados a um maior risco de doenças cardíacas e outras condições crônicas. Ao diminuir o consumo dessas substâncias prejudiciais, a dieta vegetariana pode ajudar a promover a saúde cardiovascular e, consequentemente, aumentar a expectativa de vida.

 

Planejamento Nutricional

 

No entanto, ao seguir uma dieta vegetariana, é importante planejar cuidadosamente as refeições para garantir a obtenção de todos os nutrientes essenciais. Alguns nutrientes, como vitamina B12, ferro, cálcio, zinco e ômega-3, podem ser mais difíceis de obter em quantidades adequadas exclusivamente a partir de fontes vegetais. Portanto, é necessário buscar alternativas e, em alguns casos, suplementar a dieta para atender às necessidades nutricionais.

 

A obtenção de proteínas de alta qualidade também é uma consideração importante ao seguir uma dieta vegetariana. Leguminosas, tofu, tempeh, quinoa, produtos à base de soja e nozes são excelentes fontes de proteínas vegetais que podem ser incorporadas à dieta.

 

Prática Clínica

 

Dentro do consultório, é fundamental orientar esses pacientes sobre a importância de monitorar a ingestão desses nutrientes essenciais, como proteínas e vitaminas. Além disso, é necessário alertar sobre os riscos de não suprir as necessidades e a importância de suplementar, principalmente proteínas de qualidade, em uma dieta vegetariana.

 

Continue Estudando...

 

 

 

 

Referências bibliográficas:

 

PARKER, Haley W; VADIVELOO, Maya K. Diet quality of vegetarian diets compared with nonvegetarian diets: a systematic review. Nutrition Reviews, [S.L.], v. 77, n. 3, p. 144-160, 8 jan. 2019. Oxford University Press (OUP).

留言


bottom of page