top of page

Suplementação de cafeína e citrato de sódio para atletas paralímpicos

Em todas as modalidades competitivas a exploração e utilização de novos recursos ergogênicos são buscados com o intuito de melhorar a performance dos atletas, nas modalidades paralímpicas não seria diferente. A cafeína já é bem conhecida por seus possíveis efeitos ergogênicos e o citrato de sódio vem sendo estudado, porém seus efeitos são mais conhecidos entre atletas fisicamente aptos do que em para-atletas. Sendo assim, um ensaio clínico intitulado como “Influence of Caffeine and Sodium Citrate Ingestion on 1,500-m Exercise Performance in Elite Wheelchair Athletes: A Pilot Study”, teve o objetivo de investigar os efeitos da cafeína e citrato de sódio combinados e isolados na performance esportiva de atletas de elite paralímpicos.


Table of Contents


Cafeína em Paralímpicos


A cafeína é bem difundida no meio esportivo, tendo ação no sistema nervoso central, ela pode auxiliar o indivíduo a exercer desempenho físico com maior intensidade por mais tempo, reduzindo a sensação de fadiga. Nos atletas paralímpicos observados, a ingestão foi de 6 miligramas por quilo de peso uma hora antes do teste, em que não foram registrados efeitos ergogênicos significativos. 


Citrato de Sódio em Paralímpicos


Em relação ao citrato de sódio, ele vem apresentando capacidade de auxiliar na melhora da performance esportiva. Os atletas receberam a suplementação do citrato de sódio na quantidade de 0,5 gramas por quilo de peso, dissolvida em 700 mL de água. 


A ingestão do citrato de sódio é comumente utilizada para auxiliar no equilíbrio ácido-base extracelular e maiores concentrações de bicarbonato e de sódio. Porém, não foram observados efeitos ergogênicos significativos. Em adição, problemas gastrointestinais foram relatados por alguns atletas. 


Cafeína + Citrato de Sódio em Paralímpicos


A combinação dos dois compostos em concomitância também foi utilizada pelos atletas e, novamente, não foram observados efeitos consideráveis na performance. Alguns pontos em comum com a suplementação isolada de cada composto foram registrados, como maior pH sanguíneo e concentração de lactato, além de maiores concentrações de bicarbonato de sódio. Alguns atletas apresentaram problemas gastrointestinais e maior necessidade de tempo para completar o teste.


Suplementação em Paralímpicos na Literatura Científica


Os resultados obtidos na pesquisa revelam que os atletas participantes do estudo não demonstraram melhorias estatisticamente significativas em nenhuma das quatro intervenções testadas, a saber: placebo, citrato de sódio, cafeína e a combinação de cafeína com citrato de sódio. Isso sugere que nenhuma dessas intervenções teve um impacto discernível nas variáveis ​​avaliadas durante o estudo.


Quatro indivíduos que participaram do estudo venceram um total de 8 medalhas nos jogos paralímpicos de Londres em 2012. Dois deles suplementam cafeína, enquanto um utiliza a combinação da cafeína com o citrato de sódio. Outros dois atletas sofreram previamente com problemas gastrointestinais e optaram por não utilizar a suplementação nas provas.


Prática Clínica


A recomendação de suplementação de cafeína mais difundida no meio científico é de 3mg/Kg. A quantidade de citrato de sódio utilizada pelos pesquisadores no artigo foi de 0,5g/Kg, dissolvido em 700 mL de água. É importante levar em consideração que o citrato de sódio deve ser introduzido aos poucos durante treinamento para evitar possíveis desconfortos gastrointestinais.


Outro fator que deve ser levado em consideração é que estes desconfortos gastrointestinais e falta de efeitos ergogênicos podem ser originários da absorção mais lenta ou comprometida dos indivíduos paraplégicos.

Por fim, é preciso pontuar que mesmo alguns atletas tenham desempenhado melhor após a ingestão destes compostos, não é confirmado pelo estudo a melhora da performance por efeitos ergogênicos advindos da suplementação da cafeína, do citrato de sódio ou da sua combinação.


Continue Estudando...





Referência Bibliográfica

FLUECK, Joelle Leonie; METTLER, Samuel; PERRET, Claudio. Influence of Caffeine and Sodium Citrate Ingestion on 1,500-m Exercise Performance in Elite Wheelchair Athletes: a pilot study. International Journal Of Sport Nutrition And Exercise Metabolism, [S.L.], v. 24, n. 3, p. 296-304, jun. 2014. Human Kinetics.

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page