top of page

Terapias Injetáveis para Otimização Metabólica

Protocolos Integrados em Hormonologia e Terapias 


Muito se fala sobre a necessidade de curar doenças de forma fácil e rápida, utilizando medicamentos ou tratamentos mais intensivos. No entanto, uma necessidade ainda mais importante reside na análise da composição hormonal no organismo dos indivíduos. Nesse sentido, discutiremos a importância da suplementação e regulação de substâncias para alcançar o desempenho esportivo desejado no paciente, uma vez que a performance é resultado de uma saúde equilibrada e disciplinada.


O Corpo Associado ao Combate à Inflamação


Quando abordamos o tema "vida saudável", destacamos a importância da harmonia e equilíbrio entre mente, corpo e espírito. No entanto, com o avanço da industrialização, estamos constantemente expostos a alimentos ultraprocessados e contaminantes como metais pesados, afetando nossa saúde. Diante disso, é essencial eliminar esses alimentos prejudiciais de nossa dieta.


Ao longo da vida, enfrentamos diversos riscos à saúde que a abordagem integrativa busca combater, especialmente visando a cura da inflamação corporal, causada pelos elementos que nosso corpo tenta combater, mas que continuamos a ingerir, levando à cronicidade da inflamação.


Marcadores inflamatórios 


São necessários parâmetros para identificar o nível de inflamação dos pacientes, como a insulina, proteína C reativa ultra sensível, fibrinogênio, circunferência abdominal e ferritina; esses são os chamados marcadores inflamatórios. No entanto, para uma avaliação mais aprofundada, é necessário um inflamograma sistêmico, incluindo TNF alfa, IL-6, IL-1, LpA, óxido nítrico e PLAC 2.


Performance e Qualidade de Vida 


A performance, quando associada à busca de melhoria, aumento de pesos, dias incessantes em atividade e negligência do descanso, causa diversos pontos de inflamação corporal. Um exemplo disso é quando o indivíduo sai de uma prova de endurance, pedalando e correndo quilômetros.


Nesse momento, é comum pensarem que ele está indo em direção à luz e melhorando sua composição corporal. No entanto, na realidade, esse indivíduo está inflamando e desgastando cada vez mais o organismo devido à privação do descanso e à desregulação do corpo.


Orquestra Hormonal 


O profissional de saúde que não conhece a fisiologia hormonal do corpo humano é como um salva-vidas que não sabe nadar. A orquestração hormonal é dividida em três pilares: natural, isomolecular e sintética.


O receptor específico da membrana celular se abre, permitindo que a mensagem seja entregue para a célula alvo. Moléculas de hormônio mimético, sintéticas, não conseguem interagir com esse receptor de forma fisiológica, podendo gerar problemas não esperados. Os anabolizantes são exemplos de substâncias e moléculas sintéticas que não conseguem se comunicar de forma natural com o organismo.


A influência epifisária pode estar relacionada com o hormônio da melatonina. Para esse hormônio alcançar seu pico, é necessário criar um ambiente propício para que ele comece a ser sintetizado e aja de maneira adequada, seguindo o ciclo circadiano. No entanto, a rotina diária muitas vezes suprime a produção desse hormônio, como a alta exposição à luz azul e o uso intensivo de celular.


Terapias Injetáveis


SORO ALPHA LIPÓICO

  • Soro fisiológico 0,9% 250ml;

  • 1 frasco Ácido Lipóico 600mg/24mL

  • OBS: Diluir 1 ampola de cada produto em 500mL de SF 0,9% e aplicar pela via endovenosa com gotejamento inicial lento (45-60min/bolsa), avaliando individualmente cada paciente.


SORO II - QUELAÇÃO COM DMPS

  • Soro Fisiologico 0,9% - 250ml;

  • 1 a 2 ampolas DMPS 100mg/5mL

  • OBS: Diluir 1 ampola de cada produto em 250mL de SF 0,9% e aplicar pela via endovenosa com gotejamento lento (cerca de 60min/bolsa), avaliando individualmente cada paciente.


SORO ANTI- INFLAMATÓRIO

  • Soro Fisiológico - 250ml;

  • 1 ampola MSM (Metilsulfonilmetano) 750mg/5mL

  • 1 ampola N-Acetil Cisteína 300mg/2ml

  • 1 ampola Vitamina B3 (Nicotinamida) 30mg/2mL

  • 1 ampola do Pool de Minerais (Cloreto de Cr 200 mcg + Sulfato de Mn 25 mg + Sulfato de Mg 500 mg + Sulfato de Zn 25 mg + Selenito de Sódio 50 mcg + Sulfato de Cobre 0,7 mg | 2 mL)

  • 1 ampola do Pool de Aminoácidos (3,8%) (Glicina 74 mg + Ácido L-Aspártico 9 mg + Ornitina 30 mg + Lisina 31 mg + Prolina 90 mg + Serina 12 mg + Metionina 46 mg + Arginina 80 mg ÷ Triptofano 9 mg) / 10 mL

  • OBS: Diluir 1 ampola de cada produto em 250mL de F 0.9% e aplicar pela via endovenosa com gotejamento inicial lento (45-60min/bolsa) avaliando individualmente cada paciente.


Prática Clínica


Considere a implementação de protocolos integrados em hormonologia e terapias no consultório para abordar a saúde holística dos pacientes, visando equilibrar hormônios, combater inflamações e melhorar a qualidade de vida. Isso pode incluir avaliação de marcadores inflamatórios, respeito ao ciclo circadiano e uso criterioso de terapias injetáveis específicas, conforme necessário para cada paciente.


Continue Estudando...




Referências Bibliográficas


Traish AM. Testosterone and weight loss: the evidence. Curr Opin Endocrinol Diabetes Obes. 2014 Oct;21(5):313-22. doi: 10.1097/MED.0000000000000086. PMID: 25105998; PMCID: PMC4154787.

Comments


bottom of page