top of page

Transformando a Gestão Financeira do Seu Consultório Utilizando o Método Kakebo

O método Kakebo, uma prática financeira japonesa milenar, destaca-se por sua simplicidade e eficácia na gestão financeira. Em um contexto de desafios econômicos, como a inflação e crises geopolíticas, torna-se importante adotar métodos de controle de gastos, e o Kakebo surge como uma ferramenta valiosa nesse cenário.


Entendo mais a respeito do Kakebo


A essência do Kakebo reside na conscientização e planejamento de longo prazo, promovendo rotinas financeiras mais responsáveis. Iniciar a jornada do Kakebo envolve registrar os rendimentos mensais, fixos e variáveis, e estabelecer objetivos de poupança. O acompanhamento diário das despesas, categorizando-as, proporciona uma visão clara do fluxo financeiro, permitindo identificar padrões de consumo e áreas de excesso.


A prática do registro diário no Kakebo vai além da mera contabilidade. Ela promove a conscientização através da escrita manual, fortalecendo a conexão mental com o dinheiro. A categorização e análise de despesas possibilitam entender prioridades e valores pessoais, alinhando gastos com objetivos de longo prazo. A reflexão mensal sobre as despesas conduz à definição de metas realistas para o próximo mês, contribuindo para a realização de objetivos financeiros de longo prazo.


Pra quem ele é? E quais são as vantagens?


O método Kakebo é indicado para uma ampla gama de pessoas, oferecendo benefícios significativos para aqueles que buscam melhorar sua organização financeira e desenvolver hábitos de consumo mais responsáveis. Esse método é especialmente recomendado para:


1. Pessoas com projetos futuros: Se você pretende realizar algum projeto que exige poupança, o Kakebo pode ajudar a estabelecer metas financeiras e acompanhar o progresso em direção a esses objetivos.


2. Indivíduos com problemas de organização financeira: Para aqueles que enfrentam dificuldades em manter suas finanças organizadas e acabam acumulando dívidas, o Kakebo oferece uma abordagem simples e eficaz para controlar gastos e estabelecer prioridades.

3. Pessoas que buscam consumo mais responsável: Ao organizar gastos de acordo com prioridades e necessidades, o Kakebo promove um consumo mais consciente e alinhado com os valores individuais.


4. Aqueles que precisam de uma visão categorizada de gastos: O Kakebo é ideal para quem busca uma visão detalhada e categorizada de suas despesas diárias, mensais e anuais, facilitando o entendimento do fluxo financeiro.


As vantagens do método Kakebo incluem sua simplicidade, acessibilidade e capacidade de promover gradualmente a organização e disciplina financeira. Ao incentivar uma análise consciente dos gastos, o Kakebo contribui para um consumo mais ponderado e ajuda a responder questões essenciais sobre o uso do dinheiro.


Prática Clínica


Para colocar o método em prática, é recomendado iniciar o uso na primeira segunda-feira do mês, registrando receitas e despesas fixas. Estabeleça metas de poupança e, ao longo do mês, registre todos os gastos diários, refletindo sobre os hábitos de consumo. Ao final do mês, faça um balanço e, se necessário, ajuste os objetivos para o próximo período. Repita esse processo ao longo de 12 meses para avaliar o progresso anual e tomar medidas para melhorar ainda mais o planejamento financeiro.


Na área da saúde, aplicar o método Kakebo pode ser particularmente benéfico para profissionais que atendem em consultório particular. Registrando as receitas fixas e variáveis, como consultas e procedimentos específicos, e categorizando despesas relacionadas ao consultório, é possível ter uma visão clara do fluxo financeiro da prática profissional. A reflexão mensal permitirá avaliar a necessidade de investir em equipamentos, treinamentos ou marketing, alinhando os gastos à melhoria da qualidade do serviço oferecido. Além disso, o Kakebo incentiva uma abordagem mindful em relação ao dinheiro, promovendo uma conexão mais profunda com os objetivos de saúde e bem-estar do profissional, contribuindo para uma prática mais consciente e sustentável.


Continue Estudando...





Referências Bibliográficas

CANALES, Larissa; FLORES, Mariela. Factores que inciden en la colocación de pólizas de capitalización Bancocci El Progreso, Yoro. 2023. Tese de Doutorado. Universidad Tecnológica Centroamericana UNITEC.

5 visualizações

Comments


bottom of page