top of page
  • Foto do escritorKcal da Science Play

Whey Protein causa acne?

A ideia de que a suplementação de whey protein causa acne vem sendo disseminada por inúmeros influencers digitais, o que faz deste questionamento uma pauta relativamente constante na mídia.

Apesar de aparentemente sensacionalista, a afirmação de que whey protein causa acne é corroborada por um estudo feito recentemente. O estudo “Incidence of acne vulgaris in young adult users of protein-calorie supplements in the city of João Pessoa – PB” apontou uma relação positiva entre o consumo de suplementos proteicos e o agravamento de quadros acneicos.



Table of ContentsToggle

Whey protein causa acne?

Foi realizado um estudo observacional prospectivo, que avaliou 30 participantes em 3 ocasiões durante 60 dias. Os indivíduos eram frequentadores de academias e pacientes do ambulatório de dermatologia do município. As idades dos participantes variaram entre 18 e 45 anos (média de 23 anos); 11 eram do sexo feminino (37%) e 19 do sexo masculino (63%).

As avaliações foram feitas antes do uso do suplemento, com 1 mês de uso e com 2 meses de uso. A análise foi feita por tabela de contagem de lesões a cada consulta. Outros dados foram levantados como o suplemento proteico-calórico utilizado pelo participante (nome, dosagem, tipologia e formulário de solicitação), histórico familiar de acne, episódios anteriores de acne, uso de medicação para acne.

O resultado foi a relação positiva entre o agravamento dos quadros de acne e a suplementação do whey protein,  o efeito foi mais proeminente em mulheres e em indivíduos sem acne atual e sem história familiar de acne.

O argumento principal para justificar tal relação é que a hiperinsulinemia, causada pelos efeitos insulinotrópicos das proteínas do soro do leite, aumenta os níveis de IGF-1, que ativaria o mTORC1. Assim, levando a hiperproliferação das glândulas sebáceas, a síntese lipídica e a hiperplasia dos queratinócitos, agravando a acne. Também é especulado que a leucina poderia ser um fator de agravo, pela mesma via.

Validade do Estudo Sobre Whey Protein e Acne

O estudo possui alguns vieses metodológicos a serem observados, que limitam a sua validade e impossibilitam sustentar que whey protein de forma isolada, causa acne. A precisão do resultado é comprometida pela amostragem por conveniência, além de ser uma amostra pequena, impossibilitando grandes extrapolações. 

A principal razão para questionamento de validade é o fato do estudo não ser controlado. Como vemos em (BALDWIN, 2020) há diversas possíveis explicações para a fisiopatologia da acne. Por se tratar de um problema multifatorial, o controle do estudo se faz necessário para garantir uma aferição assertiva. 

É notável a variação de posologia na utilização do suplemento (whey protein foi utilizado por 22 indivíduos, os outros 8 se valeram de demais suplementos). Por se tratar de um estudo não controlado, não houve padronização de utilização do suplemento. Não somente quanto a fonte como também dosagens.

Por fim, não há menção a contexto alimentar e nenhum dos vários fatores dietéticos que podem influenciar o resultado. Esses contextos e fatores dietéticos podem ter papel mais importante na via IGF-1 – mTORC1 do que as proteínas suplementadas. Inclusive, as evidências científicas sugerem que a fisiopatologia da acne é mais relacionada à ingestão dietética com altos índices glicêmicos e cargas glicêmicas elevadas.

Prática clínica

Não se encontrou evidências científicas que sustentem que whey protein causa acne. Os estudos se restringiram a estabelecer a relação, mas sem qualquer comprovação científica para sustentá-la. A análise individualizada parece ser a melhor forma de orientação para a conduta clínica, já que múltiplos fatores, incluindo influências genéticas, hormonais, inflamatórias e ambientais, podem causar acne.

Referências:

PONTES, Thaís de Carvalho; FERNANDES FILHO, Gilson Mauro Costa; TRINDADE, Arthur de Sousa Pereira; SOBRAL FILHO, Jader Freire. Incidence of acne vulgaris in young adult users of protein-calorie supplements in the city of João Pessoa – PB. Anais Brasileiros de Dermatologia, [S.L.], v. 88, n. 6, p. 907-912, dez. 2013. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/abd1806-4841.20132024.

BALDWIN, Hilary; TAN, Jerry. Effects of Diet on Acne and Its Response to Treatment. American Journal Of Clinical Dermatology, [S.L.], v. 22, n. 1, p. 55-65, 3 ago. 2020. Springer Science and Business Media LLC. http://dx.doi.org/10.1007/s40257-020-00542-y.

Classifique esse post

5 visualizações

Comentários


bottom of page